Quais são as deduções do imposto de renda em 2021?

0

A declaração de ajuste anual do imposto de renda tem como finalidade analisar o que cada contribuinte realizou de pagamentos no decorrer do ano, ou seja, em média aquilo que ele deveria ter pago de impostos. 

O governo realiza a análise com base nos comprovantes que são encaminhados por cada cidadão, através da receita federal, e bom, quanto maior o número de gastos dedutíveis menos imposto aquele contribuinte irá pagar.

Por isso é muito importante que você informe os seus gastos que estejam acompanhados de comprovante, afinal caso a Receita desconfie de má fé ou inconsistências na declaração, você pode cair na malha fina. 

Veja nosso vídeo completo sobre deduções do imposto de renda em 2021

Bom sobre a declaração, primeiramente o contribuinte que deseja assegurar o menor valor de imposto a ser pago, ou restituir o maior valor possível, deve declarar todas as despesas e ter conhecimento sobre quais delas são dedutíveis no cálculo deste imposto. 

Preciso mencionar que o contribuinte também conta a possibilidade de realizar o envio da sua declaração do Imposto de Renda mediante dois modelos distintos, sendo o primeiro simplificado, capaz de deduzir 20% da base de cálculo do imposto respeitando o limite.

Deduções

Existem as deduções do imposto devido que são aquelas que reduzem direto o valor do imposto a ser pago e esse tipo de dedução reduz direto o valor do imposto a ser pago, como exemplo posso citar as doações realizadas a fundos municipais, estaduais e federais que podem reduzir em até 6% o imposto devido.

Gastos dedutíveis 

Já os gastos dedutíveis são aqueles que vão reduzir a base do cálculo de imposto, isso quer dizer, aquilo que você declara diminuirá o montante total sobre o qual é aplicada a alíquota do imposto e podem ser deduzidos da base do imposto os seguintes gastos.

A Pensão Alimentícia que foi paga é dedutível quando for estabelecido em decisão judicial ou acordo extrajudicial; 

Dependentes como Pais, filhos, enteados e companheiros, podem ser adicionados como dependentes, garantindo uma dedução de R$ 2.275,08 por dependente;

As despesas com educação infantil, ensino fundamental, médio e superior do próprio contribuinte e seus dependentes também podem ser deduzidas da base do imposto, com um limite de R$ 3.561,50 por pessoa, exceto material escolar, cursos de idioma e preparatórios que não podem ser incluídos na conta;

Todos os valores pagos a título de consultas, planos de saúde, internações, psicólogos, dentistas, entre outros, podem ser deduzidos integralmente do imposto de renda, sejam eles do declarante ou de seus dependentes;

No caso da Previdência Social ou Privada é possível deduzir todo o valor pago ao INSS em folha de pagamento ou de forma autônoma, inclusive dos dependentes. Já na previdência privada do tipo PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) pode ser deduzida com um limite de 12% da renda bruta anual tributável declarada.

Antes de finalizar preciso te informar que a declaração do Imposto de Renda deste precisa ser realizada até 23h59 do dia 30 de abril.

Em 2020, devido a pandemia da Covid-19, a Receita Federal prorrogou a data final de envio da declaração para o dia 30 de junho, porém ainda não existe nenhuma confirmação oficial de prorrogação para 2021.

A recomendação é que o contribuinte não deixe para enviar a declaração do Imposto de Renda no último momento, tendo em vista que é o período em que o site da Receita Federal mais fica sobrecarregado devido ao intenso volume de acessos, tornando-o instável e comprometendo as informações.

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar.

Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.