Porque os preços são diferentes?

Este mercado é um dos ativos mais importantes da economia, um dos fatores que ajudam a regular as operações comerciais do nosso país é acompanhar o preço do dólar e controlar o fluxo e por isso os meios de comunicação divulgam as cotações em tempo real

Este assunto é um pouco confuso para muitas pessoas que acessam essas informações, sobre o motivo da diferença de preço entre o dólar comercial e o que elas vão comprar no momento de uma viagem.  

Se você tem dúvidas sobre este assunto, nesta matéria vamos explicar direitinho como funciona.

Como fazer compra e venda de moeda estrangeira

A maioria dos turistas têm dúvidas de entender os termos “compra” e “venda”.

É comum pessoas acharem o valor do dólar para comprar e o valor que ele pagará na hora de comprar a moeda é diferente, mas não é bem assim que a coisa funciona.

Na maioria das vezes é utilizado o ponto de vista da corretora de câmbio, até mesmo para existir uma padronização os termos “compra” e “venda”.

Portanto quando você chegar a uma loja Confidence Câmbio para comprar moeda, você deve se perguntar “Qual o preço de venda do dólar americano? Ou se for vender os seus dólares remanescentes, “Qual o preço que vocês pagam pela compra da minha moeda?

Muito Simples, não é mesmo?

dolar

Dólar Comercial 

Em regra geral o próprio nome já diz o que diferencia os preços é a natureza da operação de câmbio.

O dólar comercial faz referências às transações comerciais, por exemplo compra e venda de mercadorias e serviços entre as empresas.

É aquele utilizado para balizar as grandes movimentações de importação e exportação das empresas brasileiras e também é a cotação considerada nas ações do governo exterior, como empréstimos ( registrados no Banco Central) de brasileiros residentes em outros países.

Dólar Turismo

O dólar turismo representa a cotação da moeda norte-americana para pessoas físicas que usaram a moeda durante uma viagem ao exterior ou para comprar produtos e serviços como curso, passagens aéreas e itens em sites internacionais.

Esta cotação se baseia no custo da moeda comercial, com o acréscimo do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) praticado pelo Governo, além dos custos logísticos e operacionais que a transação da moeda exige para chegar até o cliente ou destino, vejamos um exemplo:

Embute os serviços de transporte e segurança da moeda estrangeira até o estabelecimento, manutenção em cofres, a manutenção da loja ou serviço digital e por este motivo costuma ser um pouco mais alta.

Conclusão

O intuito da nossa matéria é ajudar você leitor a esclarecer um pouco mais sobre o câmbio, independente de quando será sua próxima viagem, o ideal é comprar aos poucos, assim você trabalha com uma cotação média e acaba pagando um preço bacana na compra total da moeda.

Por: Laís Oliveira