Quando começam os pagamentos dos novos benefícios aprovados?

essas medidas só têm valor até o final deste ano, por isso, os pagamentos serão realizados entre agosto e dezembro

Já está quase tudo preparado para o governo começar a pagar os novos benefícios sociais aos brasileiros. Para isso, será necessário o valor de R$ 41,2 bilhões, incluindo o aumento do Auxílio Brasil, do Auxílio-Gás. Também foi criado o voucher para caminhoneiros, e um benefício para taxistas.

No dia 14 de julho foi promulgada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Auxílios, que deve beneficiar milhões de brasileiros. Segundo o governo, os programas estão em fase de regulamentação e devem começar a ser repassados nas primeiras semanas de agosto.

Lembrando que essas medidas só têm valor até o final deste ano, por isso, os pagamentos serão realizados entre agosto e dezembro.

Confira os benefícios que serão liberados pelo governo

Auxílio Brasil 

A PEC dos auxílios permitiu um aumento no valor do Auxílio Brasil, que foi reajustado em R$ 200,00. Desta forma, a partir de agosto, os beneficiários começarão a receber R$ 600,00, este valor será pago até dezembro deste ano. Por enquanto, o calendário continua sendo o mesmo que era usado pelo Bolsa Família, com início no dia 18.

Existe uma expectativa que o Governo Federal antecipe o  pagamento do Auxílio Brasil para o dia 9 de agosto.

Auxílio-Gás

O Auxílio-Gás é uma ajuda dada pelo governo às famílias de baixa renda que não estão podendo comprar o botijão de gás. O benefício que antes estava em R$ 53,00, subirá para R$ 120,00. A regra do programa é que o pagamento seja realizado a cada dois meses. O novo valor começa a ser pago em agosto.

Voucher para caminhoneiros

Os caminhoneiros autônomos também poderão contar com um benefício no valor de R$ 1 mil. Como não foi possível liberar o pagamento no mês de julho, o governo está prometendo liberar duas parcelas no mês de agosto.

Benefício para taxistas

O Governo Federal também confirmou um auxílio para os taxistas. Para ajudar a categoria será liberado um montante de R$ 2 bilhões. Neste caso, as parcelas poderão ser de R$ 200 e R$ 300. Também existe a possibilidade deste benefício começar a ser pago em agosto.

Alimenta Brasil

A medida permite a compra de alimentos produzidos por agricultores familiares e que serão distribuídos às famílias que passam por dificuldade alimentar. Para isso, deve ser liberado aproximadamente R$ 500 milhões. O início do pagamento deverá ser no mês que vem.

A PEC dos Benefícios também prevê o reconhecimento do estado de emergência em 2022 no país. É uma forma de proteger o Governo Federal contra eventuais acusações de ter desrespeitado a lei eleitoral.

Durante o período eleitoral fica proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da administração pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais já em execução no ano anterior à eleição.

Comentários estão fechados.