Quando vou receber o Bolsa Família em 2021 e como usar o Caixa Tem?

0

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, que foi criado para auxiliar as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade. 

O objetivo do programa é garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

É provável que em 2021 o Bolsa Família passe por uma reformulação, com a intenção de incluir mais 200 mil famílias ao programa.

Falando em novas reformulações, a Caixa Econômica Federal disponibilizou o acesso à conta poupança social digital, e agora os beneficiários do programa do bolsa família tem uma nova opção para receber seu recurso, o caixa tem, toda a movimentação pode ser feita pelo aplicativo. 

O objetivo da iniciativa é promover a inclusão bancária da população, uma vez que muitos brasileiros ainda não possuem acesso à contas bancárias.

Como funciona a movimentação?

Através do Caixa Tem os beneficiários poderão sacar com o cartão Bolsa Família, além de movimentar o dinheiro usando o aplicativo, assim como ocorreu no ano passado, quando houve o pagamento do auxílio emergencial.

Não existe nenhum tipo de obrigatoriedade ou cobranças de manutenção da conta, e o beneficiário também não precisa fazer o saque integral das parcelas, porém o limite de movimentação mensal é de R$ 5 mil.

Diante das dúvidas se é necessário ir até uma agência para abrir a conta, a Caixa Econômica Federal informou que esse procedimento será feito de forma automática.

Não será mais preciso que os beneficiários compareçam à Caixa, o que também evita a aglomeração de pessoas nas unidades.

Cronograma para utilização do aplicativo

Os primeiros a receber o recurso do Bolsa Família pela conta social digital foram os beneficiários que possuem NIS final 9 e 0.

Agora, será a vez dos inscritos com NIS de finais 6, 7 e 8.

No próximo mês, Caixa abrirá contas poupança digitais para os beneficiários de NIS com finais 3, 4 e 5.

Em março, será a vez dos inscritos com NIS de finais 1 e 2 e os Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (GPTE).

Nessa categoria estão indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua.

Mas é importante saber ainda que, se o beneficiário preferir continuar recebendo o benefício através do cartão do Bolsa Família ou mesmo o cartão cidadão, também será permitido e não haverá nenhum tipo de empecilho. 

Como baixar o caixa tem

  • Baixe o app através da Google Play Store ou a Apple Store;
  • Acesse com seu CPF e a senha numérica;
  • Conheça todos os serviços: é só clicar na função que você quer usar e digitar o que precisa.
  • Identifique o seu celular para fazer pagamentos e transferências com a mesma senha de acesso. Assim, um SMS será enviado ao seu celular contendo sua identificação. 

Utilizando o aplicativo os beneficiários do Bolsa Família também têm acesso às funções de: 

Cartão Virtual e QR Code: é possível fazer compras pela internet, ou presencial em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos;

Pagar na Lotérica: o beneficiário pode realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas através da opção “Pagar na Lotérica”.

Saque: também é possível fazer o saques da conta com o cartão do Programa Bolsa Família ou Cartão Cidadão;

Pagamentos: os pagamentos e transferências de até R $600 por transação e até R $1.200 por dia.

Calendário de Pagamentos 

Confira as datas para saber quando você poderá fazer o saque do benefício em 2021:

NIS 1: recebem dia 18 de janeiro 

NIS 2: recebem dia 19 de janeiro

NIS 3: recebem dia 20 de janeiro

NIS 4: recebem dia dia 21 de janeiro

NIS 5: recebem dia 22 de janeiro

NIS 6: recebem dia 25 de janeiro 

NIS 7: recebem dia 26 de janeiro

NIS 8: recebem dia 27 de janeiro

NIS 9: recebem dia 28 de janeiro

NIS 0: recebem dia 29 de janeiro