Quase 3 milhões de inscritos do Bolsa Família deixam de receber o Auxílio Emergencial

0

As novas parcelas de R$ 300 do Auxílio Emergencial, também chamadas de lote residual, começaram a ser pagas hoje (17) para os inscritos do Bolsa Família. No total 16,3 milhões de pessoas vão receber o auxílio, o que representa um total pago de R$ 4,3 bilhões. Esses números no entanto mostram que aproximadamente 3 milhões de beneficiários deixam de receber os lotes residuais do programa, pegando a base de que o pagamento das cinco parcelas anteriores, no valor de R$ 600 foi pago a 19,2 milhões de pessoas.

Essa queda dos números de beneficiários acontece devido ao valor das parcelas, onde quem recebe um valor igual ou superior aos R$ 300, deixa de receber o Auxílio para voltar a receber o valor do Bolsa Família.

O valor do saldo do Bolsa Família varia conforme a renda e a composição familiar. O programa usa como base de calculo os dados de renda mensal per capita, se existem adolescentes, crianças, mulheres grávidas ou em período de amamentação

O pagamento do Auxílio Emergencial para os beneficiários do Bolsa Família segue o cronograma habitual do programa social, que leva em conta o último número do NIS (Número de Identificação Social) para realizar os pagamentos, onde quem recebe primeiro é quem tem o final 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 0 respectivamente.

auxilio emergencial
Aplicativo Auxílio Emergencial

Confira à seguir o calendário do Auxílio Emergencial para inscritos do Bolsa Família

Setembro

Número final do NISDia do recebimento
NIS final 117 de setembro
NIS final 218 de setembro
NIS final 321 de setembro
NIS final 422 de setembro
NIS final 523 de setembro
NIS final 624 de setembro
NIS final 725 de setembro
NIS final 828 de setembro
NIS final 929 de setembro
NIS final 030 de setembro

Outubro

Número final do NISDia do recebimento
NIS final 119 de outubro
NIS final 220 de outubro
NIS final 321 de outubro
NIS final 422 de outubro
NIS final 523 de outubro
NIS final 626 de outubro
NIS final 727 de outubro
NIS final 828 de outubro
NIS final 929 de outubro
NIS final 030 de outubro

Novembro

Número final do NISDia do recebimento
NIS final 117 de novembro
NIS final 218 de novembro
NIS final 319 de novembro
NIS final 420 de novembro
NIS final 523 de novembro
NIS final 624 de novembro
NIS final 725 de novembro
NIS final 826 de novembro
NIS final 927 de novembro
NIS final 030 de novembro

Dezembro

Número final do NISDia do recebimento
NIS final 110 de dezembro
NIS final 211 de dezembro
NIS final 314 de dezembro
NIS final 415 de dezembro
NIS final 516 de dezembro
NIS final 617 de dezembro
NIS final 718 de dezembro
NIS final 821 de dezembro
NIS final 922 de dezembro
NIS final 023 de dezembro

Nem todos vão receber as parcelas residuais

Como o auxílio emergencial só vai ate dezembro, isso significa que as quatro parcelas residuais de R$ 300 não será destinada à todos os beneficiários. Na verdade as quatro parcelas só serão recebidas pelos beneficiários aprovados em abril. Os demais grupo receberão menos parcelas dependendo de quando tiveram o benefício aprovado.

Vale lembrar que essa regra não conta para os inscritos do Bolsa Família, onde todos os inscritos com direito ao Auxílio receberão as quatro parcelas.

Além disso, novos critérios foram estabelecidos para o recebimento das parcelas residuais onde um menor grupo de cidadãos terá direito a estas parcelas. Onde, para o recebimento das quatro parcelas será levado em conta o Imposto de Renda de 2019. Inicialmente, era considerado o IR de 2018.

Saiba quantas parcelas você vai receber:

  • Os beneficiários aprovados em abril para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão quatro parcelas de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 ainda em setembro, tendo direito a parcela de setembro, outubro, novembro e dezembro.
  • Os beneficiários aprovados em maio para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão três parcelas de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 em outubro, tendo direito a parcela de outubro, novembro e dezembro.
  • Os beneficiários aprovados em junho para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão duas parcelas de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 em novembro, tendo direito a parcela de novembro e dezembro.
  • Os beneficiários aprovados em julho para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão apenas uma parcela de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 em dezembro, tendo direito somente a parcela de dezembro.