Queda de 28,7% nas mortes violentas no primeiro semestre de 2022

Dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP) mostram que foram contabilizadas 74 mortes a menos nas duas últimas semanas.

Nos primeiros 15 dias de 2022, a Bahia registrou uma redução de 28,7% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), categoria que inclui homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. 

Dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP) mostram que foram contabilizadas 74 mortes a menos nas duas últimas semanas, saindo de 258 casos no ano anterior, para 184 em 2022.

A maior redução aconteceu nos municípios do interior baiano, região onde houve a diminuição de 32,7% (de 168 para 113). 

Em Salvador, as mortes violentas caíram de 57 em 2021, para 41 este ano. 

Já na Região Metropolitana de Salvador, os casos caíram de 33 para 30, uma queda de 9,1%.

O secretário da Segurança Pública, Ricardo César Mandarino, destacou a importância do esforço das equipes policiais, dos investimentos e das iniciativas de prevenção ao crime.

“Esse é o resultado de uma série de ações que vão desde o aumento do policiamento nas ruas, ao trabalho silencioso de investigação. Também estamos com forte atuação, em parceria com a Seap, nas revistas dos presídios e para impedir a entrada de celulares nesses locais. A iniciativa ajuda a evitar a comunicação entre os detentos e criminosos que ainda não foram capturados, o que reflete diretamente na redução do número de mortes”.

Ele também disse que o início de 2022 manteve a tendência observada no último trimestre de 2021, com quedas consecutivas a partir de outubro.

Comentários estão fechados.