Quem não agendar o atendimento para Prova de Vida pode ter o benefício suspenso

0

Os segurados do INSS que dependem de prova de vida, recadastramento anual exigido para aposentados e pensionistas continuarão recebendo o pagamento até novembro sem precisar realizar o exame.

Entretanto, a partir de dezembro o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá voltar a cobrar a prova de vida. Segundo a portaria publicada no Diário Oficial da União, a medida vale para os beneficiários que moram no Brasil e no exterior.

Designed by @bearfotos / Freepik

Porém, a rotina de prova de vida continua sendo realizada pela rede bancária que paga os benefícios.

Como fazer a prova de vida?

Para fazer a prova de vida é necessário ir diretamente no banco em que o recebe o benefício, apresentar um documento de identificação com foto.

Vale carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação. Algumas instituições bancárias já utilizam a tecnologia de biometria nos terminais de autoatendimento.

Para aqueles que não podem comparecer nas agências bancárias por não terem condições para se locomover ou doença poderão fazer a comprovação de vida através de um procurador devidamente cadastrado pelo INSS.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil