Quer criar um e-commerce? Confira dicas que devem ser pontos de atenção para qualquer negócio

0

A chegada da pandemia e a imposição do isolamento social fez as vendas do comércio digital crescerem de forma exponencial.

Segundo uma pesquisa realizada pela Ebit/Nielsen, em parceria com a Elo, o e-commerce brasileiro cresceu 47% no primeiro semestre de 2020 totalizando um faturamento de 38,8 bilhões de reais e 90,8 milhões de pedidos entre janeiro e junho deste ano. Segundo o estudo, esse foi o maior crescimento dos últimos 20 anos. 

No entanto, mesmo diante da necessidade de oferecer um serviço de qualidade dentro do ambiente digital e aproveitar a oportunidade para ver os negócios crescerem, algumas empresas ainda encontram dificuldades na hora de montar o e-commerce, principalmente as de pequeno porte. 

A Tatix Full Commerce, uma das maiores companhias do setor no Brasil, criou uma lista de cinco dicas que podem ajudar na elaboração da loja digital.

Segundo Giordano Magalhães Afonso, Vice Presidente da empresa, é importante ter em mente qual o público alvo, pensar no melhor canal de venda para o seu produto, o fornecedor ideal, entre outros pontos. 

“O início de qualquer negócio é desafiador e no e-commerce não é diferente. Mas ficando atento aos detalhes, o empresário terá um mercado de muito potencial.

Ainda mais no Brasil, onde o setor tende a crescer cada vez mais e ainda há um grande espaço para o desenvolvimento”, observa. 

Confira as dicas: 

– Criar uma estrutura:

O que vende? Para quem vende? De quem compra? Três perguntas básicas e necessárias que o empreendedor deve fazer para si.

Começar um negócio por começar não é um bom caminho. Entenda sobre o seu produto, encontre o seu cliente e, caso não seja produzido por você, cuide do seu fornecedor, e trabalhe com pessoas da sua confiança.

– Canal de audiência:

Encontrar o seu público e direcionar o seu negócio para ele. Se fazer presente, ser lembrado. Começar um negócio do zero requer paciência.

É importante direcionarmos a comunicação do negócio para o público certo, para que a sua marca esteja sempre no radar do cliente.

– Canal de conclusão de vendas:

Se você ainda não possui um site, quem sabe talvez seja interessante começar por uma plataforma de venda?

Dessa forma o cliente pode se sentir seguro de fazer a compra e pagar, por exemplo, com cartão.

Caso faça vendas por Whatsapp, converse com o cliente e o deixe confortável, ele precisa se sentir seguro para efetuar a compra, seja por pagamento de boleto ou talvez na entrega.

Na medida que o seu negócio for crescendo, vale a pena a contratação de uma plataforma de pagamento, que cuida de toda a logística da segurança para você.

– Gerar valor para a audiência:

Mostrar ao seu cliente o valor do seu produto. Por exemplo: se você vende bijuterias, jóias, crie uma rede social, compartilhe fotos com formas de usar seus produtos.

Se você vende comidas, faça boas fotos dos seus pratos, componha uma mesa bonita para agregar a imagem da sua comida. Dê ideias ao seu comprador e o inspire com seus produtos.

– Investir em atendimento ao cliente:

Um bom atendimento passa a ser a melhor forma de entrada para o seu negócio. Onde o cliente te encontra?

Como você o recebe? Em que canais você se faz presente para que o cliente faça contato com a sua empresa?

Traçar planos de fidelização, cuidar do seu cliente para que ele volte sempre a consumir com você e indique o seu serviço para amigos. 

Por Tatix Full Commerce: Fundada em 2013, a Tatix é uma empresa de full commerce especializada na gestão e operação completa de e-commerce B2C, B2B, B2E e D2C.