Quer empreender e não sabe como? Veja 6 dicas para começar do zero

0

Ter o próprio negócio é um dos principais sonhos do brasileiro. De acordo com uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgada pelo Sebrae e Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQR), empreender ocupa o quarto lugar na lista de desejos, ficando atrás de comprar uma casa, comprar um carro e viajar.

Com o aumento no número de desempregados, devido à crise causada pelo coronavírus, o próprio negócio tem sido a alternativa para várias famílias brasileiras.

No entanto, colocar uma ideia em prática pode ser mais difícil do que parece e, por isso, empreender requer muita força de vontade, coragem e ousadia. 

Para ajudar quem quer começar o próprio negócio, o MeuVizinho.me, primeira rede social de consumo local do Brasil, listou os primeiros passos para empreender do zero. 

Avalie o mercado

Após ter ideia do novo negócio, o primeiro passo é avaliar o mercado que pretende entrar: quais são as principais oportunidades? ameaças? concorrentes? qual o diferencial do seu negócio perante o mercado já existente?

Todas essas perguntas devem ser respondidas, de maneira muito sincera, para que você já embarque nessa jornada sabendo as principais fortalezas e fraquezas do seu empreendimento. 

Defina objetivos

Qual o objetivo do seu negócio, o que pretende fazer e onde quer chegar? Tendo essas respostas muito bem definidas, você conseguirá montar e trabalhar um passo a passo exato do que precisa ser feito.

Além disso, é importante já deixar pré-estabelecidas as metas trimestrais ou semestrais da sua empresa, para não perder o foco.

Público-alvo

Tenha em mente qual o público que pretende atingir, pois, assim, é muito mais fácil obter sucesso e resultados positivos rapidamente.

Pesquise, estude e descubra quais são as necessidades do seu público, para estabelecer o melhor discurso e argumento de venda.

Invista no online

Sabemos que, ao começar um negócio, nem sempre existe verba disponível para o marketing digital.

No entanto, é possível começar devagar, criando uma página no Facebook ou Instagram, por exemplo, e produzindo conteúdos diferenciados, que possam chamar atenção do seu público.

Uma outra dica bacana é se cadastrar na plataforma MeuVizinho.me, que divulga os seus produtos e serviços para todas as pessoas que estão em um raio de 12 km de distância de você, de maneira totalmente gratuita. 

Tenha um planejamento financeiro

Começando com pouco ou muito dinheiro, é importante planejamento: saber exatamente quais são as prioridades, o máximo que pode ser gasto com cada ação e, o mais importante, até quando você consegue ir só investindo, antes de começar a efetivamente ter lucros. Para isso, é essencial estudar e conhecer bem o mercado e a sua concorrência. 

Comece com o que tem!

Pare de procrastinar e não deixe o seu sonho para o mês que vem, para daqui a seis meses ou próximo ano.

Comece com o que você tem. Afinal, como dizem, antes feito do que perfeito, não é mesmo? Começar já é um grande desafio.

Quanto antes fizer isso, mais cedo atingirá o sucesso. Com o tempo e a experiência, você poderá fazer ajustes, melhorar e otimizar processos.

Dica Extra: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia

Por MeuVizinho.me