Quer receber mais rápido o auxílio emergencial? Saiba mais

0

Recentemente, o governo federal anunciou que vai pagar um auxílio emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais, desempregados e MEIs para os inscritos no Cadastro único (CadÚnico) do Ministério da Cidadania até o dia 20 de março.
O CadÚnico vai auxiliar a identificação e verificação da renda de quem estiver inscrito.

O CadÚnico vai auxiliar a identificação e verificação da renda de quem estiver inscrito. Dessa forma, quem possui a inscrição, vai receber antes dos demais brasileiros. Aqui neste artigo, veja como saber se você está no Cadastro Único para receber antecipadamente o Auxílio Emergencial.

dinheiro
Quer receber mais rápido o Auxílio Emergencial? Saiba mais

Primeiramente, cabe ressaltar que a os demais brasileiros que não estiverem inscritos no Cadastro Único também poderão requerer Auxílio Emergencial, mas a verificação será feita exclusivamente por meio de uma plataforma digital que ainda não foi lançada. Portanto, muito provavelmente vai demorar um pouco mais para receber o benefício.

Como saber se você está no Cadastro Único

Para saber se você está inscrito no Cadastro Único, existem três maneiras distintas:

Pelo site do Ministério da Cidadania

Para saber se o seu nome está inscrito no CadÚnico, é preciso acessar este link aqui. Na tarde desta quinta-feira (02), o site apresentava instabilidade.

Todavia, caso consiga o acesso, é necessário preencher um formulário com informações como o nome completo, data de nascimento, nome da mãe, estado e município e clicar em emitir. Dessa forma, você saberá se o seu nome está inscrito ou não.

Através do aplicativo Meu CadÚnico

Para fazer a consulta por meio do aplicativo, basta baixar-lo na Google Play Store para dispositivos Android, ou na App Store para iPhone.

Basicamente, você precisa responder as mesmas perguntas do site: nome completo, data de nascimento, nome da mãe e UF e clicar em entrar.

Pelo telefone

Para realizar a consulta pelo telefone, basta ligar para 0800-707 2003. As ligações devem ser feitas por telefone fixo, e os horários de atendimento são os seguintes:

  • 07h às 19h de segunda a sexta-feira
  • 10h às 16h nos finais de semana e feriados nacionais e durante o Calendário de Pagamento do Bolsa Família

Fonte: EBC