Quero Cancelar meu voo: Entenda quanto você pagará

0

Você sabe quanto custa cancelar um voo para o passageiro? Acompanhe a leitura e entenda quanto você pagará para o cancelamento do voo.

Com o avanço dos casos da pandemia de Covid-19, muitos passageiros precisaram rever seus planos de viajar.

Dessa forma, estar ciente de quanto custa cancelar um voo é essencial para não ter grandes surpresas indesejáveis no orçamento.

Por isso, sabendo tudo sobre cancelamento de um voo, você poderá até mesmo se prevenir antes de precisar de fato desmarcar sua viagem.

Você já precisou saber quanto custa o cancelamento de um voo? Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre os custos de desistir da sua viagem.

Como o passageiro pode cancelar o voo?

Imprevistos acontecem, principalmente na hora de viajar.

Mesmo com todo o planejamento prévio, pode acontecer de você precisar cancelar ou remarcar o voo.

No entanto, independente do motivo, todas as companhias aéreas devem oferecer ao passageiro a possibilidade de alteração nas passagens.

Por exemplo, a remarcação do voo e, até mesmo, o cancelamento.

Porém, na maior parte das vezes, para fazer o cancelamento de um voo, há um custo.

Leia também:Cancelamento de passagem aérea, quando tenho direito?

O passageiro pode cancelar a passagem aérea sem custo?

De acordo com a ANAC, o cancelamento de passagens aéreas só pode ser feito gratuitamente quando feito no prazo de até 24 horas após o recebimento do comprovante de passagem aérea.

Além disso, outra possibilidade é quando a compra da passagem ocorreu com até 7 dias ou mais de antecedência em relação à data do voo.

Afinal, quanto custa cancelar um voo?

Como mencionamos, o custo do cancelamento da passagem é uma informação valiosa.

Dessa forma, saber disso antes mesmo de viajar é muito importante, principalmente diante de imprevistos.

De acordo com a ANAC, as empresas aéreas possuem autonomia para determinar suas tarifas sobre cancelamento e alteração de passagens aéreas.

Ou seja, o custo do cancelamento de um voo depende da companhia aérea.

Pensando nisso, trouxemos as taxas de cancelamento de voo das principais empresas aéreas do Brasil. Acompanhe:

Azul

Na Azul, o valor para alterar ou cancelar a sua passagem aérea é de R$150 ou 100% da tarifa.

Ou seja, o valor que for menor.

Porém, já em moedas estrangeiras, a taxa é de 30 dólares, 30 euros ou 100% da tarifa, o valor que for menor.

Mas, atenção! As taxas acima só são válidas para a compra de passagens feita pelo site, call center ou nos aeroportos.

Do contrário, o reembolso varia conforme a tarifa escolhida pelo passageiro no momento da compra da passagem aérea.

  • Tarifa Regular: 60% de reembolso;
  • Tarifa Imperdível (UU, V, W, X, OO, OL, e Z): esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Y: 5% de reembolso.

Gol

Já na Gol, diferentemente da Azul, as taxas de cancelamento de voo variam conforme a tarifa escolhida pelo passageiro.

Dessa forma, as taxas em voos nacionais são:

  • Tarifa Promo: 100% da tarifa;
  • Tarifa Light: R$275 ou 100% da tarifa;
  • Tarifa Plus: R$250 ou 100% da tarifa;
  • Tarifa Max: não há cobrança de tarifa.

Para voos internacionais, as taxas são:

  • Tarifa Promo: 100% da tarifa;
  • Tarifa Light:
    • 300 dólares ou 100% da tarifa para viagens que têm os Estados Unidos como destino ou origem;
    • 150 dólares ou 100% da tarifa para viagens com outros destinos e origens;
  • Tarifa Plus:
    • 200 dólares ou 100% da tarifa para viagens que têm os Estados Unidos como destino ou origem;
    • 100 dólares ou 100% da tarifa para viagens com outros destinos e origens;
  • Tarifa Premium Economy: não há cobrança de tarifa.

Da mesma forma, o reembolso também pode variar de acordo com as tarifas.

Por exemplo, para voos nacionais e internacionais , a devolução ocorre da seguinte forma:

  • Tarifa Promo: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Light: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Plus: 40% de reembolso;
  • Tarifa Premium Economy: 95% de reembolso.

LATAM

Dentre as principais empresas aéreas do Brasil, a LATAMnão informa quais são as taxas cobradas para cancelamento de voos, sejam nacionais e internacionais.

No entanto, o reembolso varia conforme a tarifa escolhida pelo passageiro no momento da compra da passagem.

Para voos nacionais, o reembolso é de:

  • Tarifa Promo: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Light: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Plus:
    • Passagens compradas a partir de 28 de janeiro de 2020: 40% de reembolso para cancelamentos feitos antes do voo, e 20% do reembolso para cancelamentos feitos depois do voo;
    • Passagens compradas entre 3 de julho de 2018 e 26 de janeiro de 2020: 40% de reembolso;
  • Tarifa Top: reembolso integral do valor pago;
  • Tarifa Premium Economy Plus: 40% de reembolso para cancelamentos feitos antes do voo e 20% de reembolso para cancelamentos feitos depois do voo;
  • Tarifa Premium Economy Top: reembolso integral do valor pago.

Já para voos internacionais, o reembolso é de:

  • Tarifa Promo:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 475 dólares para América do Norte, até 250 dólares para América do Sul e até 350 dólares para Europa, África e Oceania;
  • Tarifa Light:
    • Passagens compradas a partir de 27 de janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo;
    • Passagens compradas até 26 de janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo, exceto para Estados Unidos e Canadá, que não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 450 dólares para América do Norte, até 200 dólares para América do Sul e até 300 dólares para Europa, África e Oceania
  • Tarifa Plus:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso de 30% para cancelamentos feitos antes do voo. Em cancelamentos feitos depois do voo, o reembolso não é permitido;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 275 dólares para América do Norte, até 125 dólares para América do Sul, até 250 dólares para Europa e África, e até 150 dólares para Oceania;
  • Tarifa Top:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes do voo. Cancelamentos feitos depois do voo não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes e depois do voo;
  • Tarifa Premium Economy Plus:
    • Passagens compradas a partir de 27 de janeiro de 2020: reembolso de 30% em viagens para os Estados Unidos e Canadá caso o cancelamento seja feito antes do voo, e de 20% para outros países. O reembolso não é permitido para cancelamentos feitos depois do voo;
    • Passagens compradas até 26 janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo, exceto para Estados Unidos e Canadá, que não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso de até 500 dólares;
  • Tarifa Premium Economy Top:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes do voo. Cancelamentos feitos depois do voo não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes e depois do voo;
  • Tarifa Premium Business Plus:
    • Passagens compradas a partir de 27 de janeiro de 2020: reembolso de 30% em viagens para os Estados Unidos e Canadá caso o cancelamento seja feito antes do voo, e de 20% para outros países. O reembolso não é permitido para cancelamentos feitos depois do voo;
    • Passagens compradas até 26 janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo, exceto para Estados Unidos e Canadá, que não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 600 dólares para América do Norte e Oceania, até 225 dólares para América do Sul e até 350 para Europa e África;
  • Tarifa Premium Business Top:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes do voo. Cancelamentos feitos depois do voo não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes e depois do voo.

O que acontece se a companhia aérea cancelar o voo sem sua autorização?

Caso a empresa aérea cancele seu voo com menos de 72h de antecedência, seus direitos estão sendo desrespeitados.

E, nesses casos, considerando também que você chegou ao seu destino com mais de 4 horas de atraso, com perda de compromisso, você pode receber uma compensação em dinheiro.

Quer saber se você pode receber uma indenização em dinheiro pelo seu problema com voo? Verifique grátis agora mesmo!Powered by Rock Convert

Quero verificar grátis!

Você sabe quanto custa cancelar um voo para o passageiro? Acompanhe a leitura e entenda quanto você pagará para o cancelamento do voo.

Com o avanço dos casos da pandemia de Covid-19, muitos passageiros precisaram rever seus planos de viajar.

Dessa forma, estar ciente de quanto custa cancelar um voo é essencial para não ter grandes surpresas indesejáveis no orçamento.

Por isso, sabendo tudo sobre cancelamento de um voo, você poderá até mesmo se prevenir antes de precisar de fato desmarcar sua viagem.

Você já precisou saber quanto custa o cancelamento de um voo? Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre os custos de desistir da sua viagem.

Como o passageiro pode cancelar o voo?

Imprevistos acontecem, principalmente na hora de viajar.

Mesmo com todo o planejamento prévio, pode acontecer de você precisar cancelar ou remarcar o voo.

No entanto, independente do motivo, todas as companhias aéreas devem oferecer ao passageiro a possibilidade de alteração nas passagens.

Por exemplo, a remarcação do voo e, até mesmo, o cancelamento.

Porém, na maior parte das vezes, para fazer o cancelamento de um voo, há um custo.

Leia também:Cancelamento de passagem aérea, quando tenho direito?

O passageiro pode cancelar a passagem aérea sem custo?

De acordo com a ANAC, o cancelamento de passagens aéreas só pode ser feito gratuitamente quando feito no prazo de até 24 horas após o recebimento do comprovante de passagem aérea.

Além disso, outra possibilidade é quando a compra da passagem ocorreu com até 7 dias ou mais de antecedência em relação à data do voo.

Afinal, quanto custa cancelar um voo?

Como mencionamos, o custo do cancelamento da passagem é uma informação valiosa.

Dessa forma, saber disso antes mesmo de viajar é muito importante, principalmente diante de imprevistos.

De acordo com a ANAC, as empresas aéreas possuem autonomia para determinar suas tarifas sobre cancelamento e alteração de passagens aéreas.

Ou seja, o custo do cancelamento de um voo depende da companhia aérea.

Pensando nisso, trouxemos as taxas de cancelamento de voo das principais empresas aéreas do Brasil. Acompanhe:

Azul

Na Azul, o valor para alterar ou cancelar a sua passagem aérea é de R$150 ou 100% da tarifa.

Ou seja, o valor que for menor.

Porém, já em moedas estrangeiras, a taxa é de 30 dólares, 30 euros ou 100% da tarifa, o valor que for menor.

Mas, atenção! As taxas acima só são válidas para a compra de passagens feita pelo site, call center ou nos aeroportos.

Do contrário, o reembolso varia conforme a tarifa escolhida pelo passageiro no momento da compra da passagem aérea.

  • Tarifa Regular: 60% de reembolso;
  • Tarifa Imperdível (UU, V, W, X, OO, OL, e Z): esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Y: 5% de reembolso.

Gol

Já na Gol, diferentemente da Azul, as taxas de cancelamento de voo variam conforme a tarifa escolhida pelo passageiro.

Dessa forma, as taxas em voos nacionais são:

  • Tarifa Promo: 100% da tarifa;
  • Tarifa Light: R$275 ou 100% da tarifa;
  • Tarifa Plus: R$250 ou 100% da tarifa;
  • Tarifa Max: não há cobrança de tarifa.

Para voos internacionais, as taxas são:

  • Tarifa Promo: 100% da tarifa;
  • Tarifa Light:
    • 300 dólares ou 100% da tarifa para viagens que têm os Estados Unidos como destino ou origem;
    • 150 dólares ou 100% da tarifa para viagens com outros destinos e origens;
  • Tarifa Plus:
    • 200 dólares ou 100% da tarifa para viagens que têm os Estados Unidos como destino ou origem;
    • 100 dólares ou 100% da tarifa para viagens com outros destinos e origens;
  • Tarifa Premium Economy: não há cobrança de tarifa.

Da mesma forma, o reembolso também pode variar de acordo com as tarifas.

Por exemplo, para voos nacionais e internacionais , a devolução ocorre da seguinte forma:

  • Tarifa Promo: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Light: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Plus: 40% de reembolso;
  • Tarifa Premium Economy: 95% de reembolso.

LATAM

Dentre as principais empresas aéreas do Brasil, a LATAMnão informa quais são as taxas cobradas para cancelamento de voos, sejam nacionais e internacionais.

No entanto, o reembolso varia conforme a tarifa escolhida pelo passageiro no momento da compra da passagem.

Para voos nacionais, o reembolso é de:

  • Tarifa Promo: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Light: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
  • Tarifa Plus:
    • Passagens compradas a partir de 28 de janeiro de 2020: 40% de reembolso para cancelamentos feitos antes do voo, e 20% do reembolso para cancelamentos feitos depois do voo;
    • Passagens compradas entre 3 de julho de 2018 e 26 de janeiro de 2020: 40% de reembolso;
  • Tarifa Top: reembolso integral do valor pago;
  • Tarifa Premium Economy Plus: 40% de reembolso para cancelamentos feitos antes do voo e 20% de reembolso para cancelamentos feitos depois do voo;
  • Tarifa Premium Economy Top: reembolso integral do valor pago.

Já para voos internacionais, o reembolso é de:

  • Tarifa Promo:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: esta tarifa não dá direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 475 dólares para América do Norte, até 250 dólares para América do Sul e até 350 dólares para Europa, África e Oceania;
  • Tarifa Light:
    • Passagens compradas a partir de 27 de janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo;
    • Passagens compradas até 26 de janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo, exceto para Estados Unidos e Canadá, que não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 450 dólares para América do Norte, até 200 dólares para América do Sul e até 300 dólares para Europa, África e Oceania
  • Tarifa Plus:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso de 30% para cancelamentos feitos antes do voo. Em cancelamentos feitos depois do voo, o reembolso não é permitido;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 275 dólares para América do Norte, até 125 dólares para América do Sul, até 250 dólares para Europa e África, e até 150 dólares para Oceania;
  • Tarifa Top:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes do voo. Cancelamentos feitos depois do voo não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes e depois do voo;
  • Tarifa Premium Economy Plus:
    • Passagens compradas a partir de 27 de janeiro de 2020: reembolso de 30% em viagens para os Estados Unidos e Canadá caso o cancelamento seja feito antes do voo, e de 20% para outros países. O reembolso não é permitido para cancelamentos feitos depois do voo;
    • Passagens compradas até 26 janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo, exceto para Estados Unidos e Canadá, que não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso de até 500 dólares;
  • Tarifa Premium Economy Top:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes do voo. Cancelamentos feitos depois do voo não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes e depois do voo;
  • Tarifa Premium Business Plus:
    • Passagens compradas a partir de 27 de janeiro de 2020: reembolso de 30% em viagens para os Estados Unidos e Canadá caso o cancelamento seja feito antes do voo, e de 20% para outros países. O reembolso não é permitido para cancelamentos feitos depois do voo;
    • Passagens compradas até 26 janeiro de 2020: reembolso de 20% para cancelamentos feitos antes do voo, exceto para Estados Unidos e Canadá, que não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: até 600 dólares para América do Norte e Oceania, até 225 dólares para América do Sul e até 350 para Europa e África;
  • Tarifa Premium Business Top:
    • Passagens compradas a partir de 9 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes do voo. Cancelamentos feitos depois do voo não dão direito ao reembolso;
    • Passagens compradas até 8 de abril de 2019: reembolso integral do valor pago para cancelamentos feitos antes e depois do voo.

O que acontece se a companhia aérea cancelar o voo sem sua autorização?

Caso a empresa aérea cancele seu voo com menos de 72h de antecedência, seus direitos estão sendo desrespeitados.

E, nesses casos, considerando também que você chegou ao seu destino com mais de 4 horas de atraso, com perda de compromisso, você pode receber uma compensação em dinheiro.

Original por Resolvvi

html image example