INSS: Saiba como se recadastrar para não perder o benefício

Quem recebe um benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) deve ficar atento à data em que precisa provar ao governo que está vivo.

743

O procedimento, conhecido como prova de vida, fé de vida ou recadastramento, é o que garante ao beneficiário seguir com sua renda mensal.

Até este ano, a prova de vida podia ser feita pelo segurado, no banco em que recebe o benefício, até dezembro.

Havia momentos em que o INSS estendia o prazo, como ocorreu no último recadastramento, que durou até fevereiro de 2018.

A partir de agora, a prova segue sendo feita no banco, mas em data escolhida pela rede bancária.

Há casos em que o segurado deve se recadastrar no mês de seu aniversário.

Em outros, o mês da prova de vida é o mesmo em que começou a receber o benefício. Há ainda bancos que convocam o beneficiário um mês antes de vencer a última fé de vida que ele fez.

Grana suspensa

Em nota, o INSS informou que quem perde a data do recadastramento tem o pagamento do benefício suspenso.

Mas, para voltar a receber os valores, basta ir à sua agência bancária levando um documento oficial com foto.

Caso demore mais de seis meses sem se recadastrar, haverá o cancelamento do benefício.