Empréstimo para trabalhador autônomo: saiba como funciona

0
73

As pessoas na atualidade em muitos casos não têm um emprego fixo e com carteira assinada, mas trabalham para si mesmos fazendo com que surjam dúvidas relacionadas à forma de obtenção de um empréstimo para autônomo.

Como funciona o empréstimo para autônomo?

O autônomo se refere aos trabalhadores nas mais variadas áreas de atuação que são seus próprios patrões sem ter vínculo empregatício com nenhuma empresa.

Este tipo de trabalhador pode ser legalizado contendo CNPJ e registro de acordo com as determinações legais como pode ser informal atuando de maneira mais simplória, mas que em todas as duas alternativas precisam em muitos momentos de solicitar um crédito.

Muitas pessoas imaginam que os autônomos não podem obter empréstimos, mas existem modalidades de crédito para estes profissionais.

Que tipo de empréstimo o autônomo pode solicitar?

O profissional autônomo consegue solicitar praticamente qualquer tipo de empréstimo. Há algumas exceções, no entanto, como, por exemplo, o empréstimo consignado. O consignado é uma modalidade de crédito que coloca o seu salário como garantia de pagamento, e está disponível apenas para trabalhadores de empresas privadas que disponibilizam o benefício, funcionários públicos e pensionistas do INSS.

Ainda assim, existem outras linhas de crédito disponíveis para o profissional autônomo, como o empréstimo pessoal que pode ser feito no Cartão de Crédito, Carnê ou Cheque.

Nas modalidades de Carnê e Cheque o profissional tem que comprovar renda, faz consulta ao SPC/SERASA e está sujeito a análise.

Já a modalidade de empréstimo no Cartão de Crédito não precisa comprovar renda nem faz consulta ao SPC/SERASA; precisa apenas ter limite no cartão.

O empréstimo no carnê em até R$ 1.000,00 não precisa comprovar renda.

Documentos necessários

  • RG
  • CPF
  • COMPROVANTE DE RENDA
  • COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA
  • COMPROVANTE CONTA BANCÁRIA

Conteúdo via Fideliza Empréstimos