A Receita Federal intensificou na última semana a fiscalização na região da tríplice fronteira e as mercadorias apreendidas foram avaliadas em mais de 2 milhões de reais. Foram apreendidos quase 10 ônibus de Turismo, além de um carro. Além da Black Friday, a fiscalização também foi intensificada devido ser a semana pré-Operação Muralha, pois, de acordo com o auditor fiscal Sandro Hüttner Chimisso,  sacoleiros aumentam as compras no Paraguai nesse período.

receita federal

Na manhã desta segunda-feira, 18, foi deslacrada um carro apreendido na última sexta-feira, 15, nas proximidades da barreira do pedágio de São Miguel do Iguaçu. O veículo com placas de Barreiras – BA, estava carregado com mercadorias que foram avaliadas em 200 mil reais. Foram encontrados 240 smartphones escondidos no para-choque dianteiro e traseiro do veículo.

Ainda na semana passada foram apreendidos 9 ônibus carregados com mercadorias que foram avaliadas em 1,9 milhões. Somando todas as apreensões, o valor estipulado passa de 2 milhões de reais em mercadorias apreendidas.

“Fizemos uma semana de operação pré-muralha, já prevendo que tinha a Black Friday, que possivelmente haveria um aumento de compristas e de sacoleiros, e, além disso, antes da Muralha geralmente aumenta o fluxo de compristas, nós fizemos uma semana intensiva de operações” explicou o auditor.

A fiscalização ocorreu em parceria com outras forças policiais como PRF, Polícia Federal e BPFron, além de contar com a colaboração de policias de outros estados, como Santa Catarina. “Os compristas buscam dar uma acelerada, já que sabem que terá uma barreira fixa na estrada, que dificulta a logística do descaminho, então na semana prévia a Muralha, costuma-se identificar uma intensificação do movimento de compristas” informou Chimisso.

Com Informações da https://www.radioculturafoz.com.br/