Rede Globo libera repórteres de usarem máscaras no Rio de Janeiro

A emissora liberou seus profissionais de não usarem máscaras na cidade do Rio de Janeiro

A Rede Globo e o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) estão mudando o seu protocolo de proteção contra a pandemia do novo coronavírus, liberando seus repórteres de usarem máscaras na cidade do Rio de Janeiro. A decisão das emissoras está de acordo com a decisão da Prefeitura, depois do decreto do prefeito Eduardo Paes que permite às pessoas a não usarem máscara em locais abertos ou onde não houver aglomerações.

Durante a edição do RJ1 desta quinta-feira (28), Mariana Gross explicou aos telespectadores que os repórteres e entrevistados quando estiverem em locais abertos vão poder ficar sem a máscara.

A liberação das duas redes de televisão é apenas para a cidade do Rio de Janeiro. Outras cidades do Estado do Rio, continua sendo obrigatório o uso de máscaras contra a Covid-19. A Globo informou que nessas cidades, seus profissionais continuarão sendo obrigados a usarem máscaras. Sendo respeitadas as determinações das prefeituras de cada município.

No SBT a apresentadora do jornal local, Isabele Benito ao conversar ao vivo com o repórter Fabiano Martinez, comemorou quando ele retirou a máscara, dizendo “gente tá mais barbudo do que nunca” em seguida concluiu ” esse é um grande momento”.

O repórter também mostrou estar muito satisfeito em não precisar mais usar o item em locais abertos e sem aglomerações.

A prefeitura do Rio de Janeiro publicou nesta quarta-feira (27) no Diário Oficial do Município em que libera o uso de máscaras em lugares abertos e autoriza o funcionamento de boates, casas de show e salões de dança com até 50% da capacidade.

No entanto, em ambientes fechados e transportes públicos, a obrigatoriedade da proteção facial continua valendo.

Comentários estão fechados.