Estamos nos últimos momentos antes do anuncio oficial do novo programa do governo, o Renda Brasil. De acordo com informações do Estadão, o ministro da Economia, Paulo Guedes, acertou os detalhes para o pagamento do benefício em um valor médio de R$ 247, entretanto de acordo com as informações o valor ainda pode aumentar.

A tentativa de Paulo Guedes em aumentar o valor do benefício do Bolsa Família pago atualmente de R$ 190 para R$ 247 do Renda Brasil representa um acréscimo de R$ 52 bilhões por ano.

Entretanto, para conseguir alcançar essa diferença, além dos recursos do próprio Bolsa Família, o novo programa social extinguirá os seguintes programas, que de acordo com o governo são programas ineficientes.

  • Abono Salarial
  • Salário Família
  • Seguro Defeso
  • Farmácia Popular

Além dos cortes citados, a equipe econômica do governo também vai sugerir que o Congresso cortes algumas despesas como o auxílio aos servidores e também o fim das verbas indenizatórios de altos salários.

Foram feitas inúmeras reuniões neste final de semana para que as propostas pudessem ser apresentadas ao presidente Bolsonaro na tarde de hoje (24). A equipe do governo tem pressa na liberação do Renda Brasil pois a estratégia é substituir o Auxílio Emergencial de R$ 600 que é pago como uma ajuda aos informais impactados pela pandemia do novo coronavírus.