Criamos este conteúdo para auxiliar você, com alguns segmentos rentáveis para investir durante a quarentena. Confira!

O cenário gerado pela pandemia de coronavírus, com impactos na economia e a necessidade do isolamento social, despertou o desejo de muitas pessoas começarem a empreender. Você já pesquisou negócios para abrir de casa na quarentena?

A alta no desemprego, que subiu de 11,8% para 12,4% nas duas primeiras semanas de junho, e as preocupações financeiras trazidas pela crise econômica aumentam a busca por alternativas rentáveis.

Para ajudar nessa tarefa, listamos 4 negócios para abrir de casa na quarentena e separamos algumas dicas para ter sucesso no empreendimento. Confira!

É viável empreender na quarentena?

O cenário de crise traz preocupações e incertezas, o que aumenta a insegurança quando se fala em abrir um negócio. Contudo, ela também pode ser vista como uma oportunidade para encontrar novas fontes de renda.

O segredo é encontrar algum produto ou serviço que tenha procura, mesmo diante da crise,  e investir em diferenciais para atrair o público e fechar negócios.

4 Negócios para abrir de casa

4 negócios para abrir de casa na quarentena: os principais segmentos

Se você tem dúvidas sobre em qual empreendimento investir, preparamos uma lista com  4 negócios para abrir de casa na quarentena, considerando os segmentos mais promissores. Veja só!

1. Alimentação

O ramo de alimentação é sempre muito promissor e o delivery pode ajudar nesse segmento, mesmo durante o isolamento. Muitas pessoas sentem dificuldade para preparar as próprias refeições e buscam essa alternativa para ter mais comodidade. Você pode enviar marmitas, refeições congeladas e outros tipos de lanches, como hambúrguer, pizza, porções etc. 

Nesse segmento, também existem nichos específicos que podem ser um diferencial e atender públicos específicos. A alimentação fitness, por exemplo, é bastante procurada para conseguir manter hábitos saudáveis, o que nem sempre é fácil quando as refeições são preparadas em outros lugares.

Outra possibilidade é a venda de comida para quem tem restrições alimentares, preparando opções vegetarianas, veganas, sem glúten ou lactose, por exemplo, podem atrair um público diferenciado que, muitas vezes, conta com poucas alternativas.

2. Conteúdos Online

Os impactos da crise fizeram com que as pessoas ficassem mais tempo em casa, inclusive devido ao volume de contratos alterados para home office. Assim, a busca por conteúdos online cresceu e se tornou uma oportunidade para quem tem habilidades específicas.

Você pode criar conteúdos ou vender aulas online sobre diversos assuntos como reforço escolar, idiomas, artesanato, técnicas de confeitaria, enfim, qualquer tema que você domine e possa auxiliar outras pessoas a desenvolver habilidades. Para ajudar, existem diversas plataformas que podem ser utilizadas para as vendas, ajudando na divulgação e no controle de pagamentos.

3. Reformas

Você tem habilidades manuais? Então considere trabalhar com reformas e reparos. Esse período em casa junto à necessidade de economizar faz com que as pessoas busquem alternativas, quando precisam trocar os móveis e outras mudanças. Aqui, as reformas se tornam boas alternativas.

Assim, oferecer serviços para fazer pequenos reparos na mobília, como pintura e consertos, pode ser um ótimo negócio. O mesmo vale para roupas, automóveis e outros produtos.

4. Vendas

Vender produtos pela internet sempre é uma oportunidade de negócio. Você compra os itens e revende com uma margem de lucro. Porém, é preciso ter atenção para encontrar bons fornecedores e garantir um preço de venda que atraia os consumidores, enquanto também garante lucros. Aqui, você conta com diversas opções:

  • roupas;
  • bebidas;
  • suplementos;
  • artesanato;
  • eletrônicos;
  • calçados;
  • itens usados.

Como manter o negócio rentável

Depois de avaliar os 4 negócios para abrir de casa na quarentena e escolher a melhor opção para o seu perfil, é importante entender como é possível mantê-lo mais rentável. Veja as principais dicas!

Controle o fluxo de caixa

Mantenha um controle do fluxo de caixa com todas as entradas e saídas, a fim de organizar os lucros e verificar a inadimplência. Esse é um cuidado importante para que você evite gastos excessivos, que podem levar ao endividamento.

Priorize o atendimento

Um bom atendimento costuma fazer toda a diferença na hora de conquistar um cliente. Por isso, atenda sempre de forma cordial e invista em um bom relacionamento com os consumidores. A prática pode render boas indicações e ajuda na fidelização.

Diversifique o pagamento

Ofereça mais opções de pagamento aos clientes. É comum que eles desejem parcelar as compras, então conte com uma máquina de cartão ou outros sistemas que permitam isso. Em relação aos pagamentos à vista, a concessão de descontos pode incentivar o pagamento em dinheiro e evitar as taxas cobradas pelas maquininhas.

Atente aos prazos

Sempre tenha atenção aos prazos envolvidos nos negócios, como pagamento de fornecedores, cobrança de clientes e entrega dos pedidos. Mantenha uma agenda atualizada, ou conte com aplicativos para auxiliar na gestão de tempo e no cumprimento de tarefas.

Faça parcerias

As parcerias com outros profissionais podem ser feitas para aumentar a gama de produtos ofertados ou trocar indicações. Se você vende refeições fitness, por exemplo, pode ter parcerias com alguém que venda roupas para malhar ou suplementos. Assim, é possível atingir um público maior e aumentar as oportunidades de negócio.

Agora que você já conhece esses 4 negócios para abrir de casa na quarentena e sabe como mantê-lo rentável, coloque as nossas dicas em prática e comece a lucrar.

Fonte: Azulis