Site icon Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

Negociação de dívidas com a União pode ter benefícios

imagem por @chayanuphol / freepik

imagem por @chayanuphol / freepik

Ter dívidas é algo comum, mas devemos quitar nossos débitos, para evitar problemas como juros e multas, ainda mais quando recebemos condições especiais para realizar a negociação de débitos. E isso que ocorreu com as empresas com dívidas com a união.

O contribuinte que possui débitos com a União recebeu uma oportunidade de realizar a renegociação das suas dívidas com condições especiais, com descontos e outras vantagens.

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) liberou oportunidades de negociações, para motivar a regularização dos contribuintes com débitos em Dívida Ativa da União e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A negociação das dívidas com a União

Essa negociação disponibilizada pela PGFN vai ajudar muito o contribuinte, existem modalidades com até 100% de desconto sobre os valores de multa, juros e encargos.

Segundo a PGFN, essa negociação tem o objetivo de possibilitar a manutenção de empresas e dos empregos por elas gerados, a transação estimula a atividade econômica e garante recursos para as políticas públicas. 

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) liberou oportunidades de negociações, para motivar a regularização do contribuinte com débitos em Dívida Ativa da União e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A renegociação pode ter vantagens como entrada facilitada, descontos e prazo ampliado para pagamento. 

O prazo para adesão vai até 29/12/2021, e será feito pelo Portal REGULARIZE.

Modalidades de negociação

Veja abaixo as modalidades de negociação disponibilizadas pela PGFN:

Transação na Dívida Ativa do FGTS
Transação Excepcional 
Transação Extraordinária 
Transação de Pequeno Valor
Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) 

Concluindo

Essas negociações integram o Programa de Retomada Fiscal, instituído em 2020. A iniciativa reúne um conjunto de medidas adotadas para motivar a regularização fiscal, para retomada da atividade produtiva em razão dos efeitos causados pela pandemia.

Lembrando, o prazo para adesão a negociação das dívidas vai até o dia 29 de dezembro e a negociação deverá ser feita pelo portal Regularize. Para mais informações sobre essas e outras negociações, clique aqui.

Sair da versão mobile