O Governo do Estado de São Paulo dá continuidade à retomada controlada das atividades econômicas, e, de acordo com a classificação por regiões, a capital pode ingressar na fase amarela – a partir do dia 6 de julho –, se confirmado o cenário atual na próxima sexta-feira (3).

Assim, bares, restaurantes, salões de beleza e barbearias poderão voltar ao atendimento presencial, em razão da melhora dos indicadores de saúde que medem a disseminação do covid-19 no Estado, segundo informações do governo, em coletiva de imprensa hoje (26).

A FecomercioSP considera positivo o encaminhamento do Plano São Paulo, permitindo ao comércio retornar gradualmente, o que demonstra uma grande evolução nos critérios de consciência da população, assim como o sucesso dos protocolos sanitários celebrados entre Poder Público e Entidades representantes do setor empresarial.

A Federação reforça que, nesse momento, seria importante esclarecer desde já qual será o novo horário de funcionamento do comércio, já que, com o avanço de fase previsto em breve, as atividades comerciais passam a funcionar 6 horas por dia.  

mei

A Entidade tem orientado os seus representados e associados a redobrar a atenção no cumprimento dos protocolos e não economizar na aquisição de equipamentos de segurança, com o intuito de evitar o aumento do contágio, dando mais segurança a colaboradores e consumidores, e também para que a cidade não retroceda nas fases.

Além disso, pede que os comerciantes observem e cumpram as normas sanitárias previstas para a retomada.

A Entidade reitera que o funcionamento do comércio no Estado de São Paulo deve ser realizado respeitando as características regionais, em conjunto com a capacidade de atendimento da saúde, bem como analisando periodicamente as características de evolução da epidemia.

A FecomercioSP Reúne líderes empresariais, especialistas e consultores para fomentar o desenvolvimento do empreendedorismo.