Revisão do FGTS pode ser liberada após o saque extraordinário

A revisão do FGTS pode sair neste ano e liberar uma bolada a milhares de pessoas

O saque extraordinário do FGTS pode trazer a cada trabalhador até R$1.000,00 a depender da soma dos saldos de suas contas, tanto ativas quanto inativas.

O valor começou a ser pago no último dia 20 de abril, para os nascidos em janeiro. A partir do dia 30, próximo sábado, começam a ser liberados os saques para os nascidos em fevereiro e até o dia 15 de junho, todo o calendário de saques estará finalizado. Para se manter a par e solicitar o resgate do dinheiro, o trabalhador deverá obter o aplicativo Caixa Tem.

Mas o que vem sendo aguardado de verdade é a Revisão do FGTS que pode trazer até  R$10 mil, por trabalhador, e que está na pauta do STF desde 2019, aguardando o julgamento.

As centrais sindicais vêm pressionando o Ministro Fux para que ele retorne com o processo para a pauta, ainda em 2022.

O processo já era para estar julgado desde o dia 13 de Maio de 2021, mas foi retirado de pauta por pressão do governo, que considera a derrota como líquida e certa.

Enquanto isso, as perdas dos trabalhadores vão se acumulando, como mostra a calculadora LOIT (https://fgts.loitlegal.com.br), que gratuitamente calcula o valor da Revisão do FGTS para todos os trabalhadores que tiveram depósitos de 1999 para cá, mesmo aposentados ou que sacaram os valores [clique aqui].

Os especialistas da LOIT explicam que o valor médio calculado para cada trabalhador é de R$10.000,00, mas esse valor vem subindo como reflexo da inflação, que vem subindo e prejudicando ainda mais os poupadores do FGTS.

Revisão do FGTS

A única solução para o trabalhador se proteger da inflação, que aumenta a cada dia, é ingressar com a Revisão do FGTS. Sem isso, a CEF não fará a complementação necessária, mesmo que o STF dê ganho de causa aos trabalhadores.

Antônio Maia, do jurídico da LOIT, explica que o ingresso nos Juizados Especiais Federais, que julga causas até R$72.600,00, é isento de custas e não requer a intervenção de um advogado, podendo ser feita diretamente pelo interessado.

A startup LOIT, além do cálculo gratuito, possui dois serviços desenvolvidos para auxiliar o trabalhador: no primeiro, é fornecido um kit composto pelo requerimento e pela planilha completa e corretamente preenchida, além de tutoriais e todos os materiais e informações necessárias para o trabalhar ingressar sozinho no site do Juizado Especial Federal; no segundo, chamado de Atermação, os especialistas da LOIT fazem o kit, organizam todos os documentos necessários e ingressam pelo cliente diretamente nos Juizados.

Tudo de forma ágil, digital e muito acessível ao trabalhador.

Comentários estão fechados.