Constantemente somos bombardeados pelo nosso próprio inconsciente com informações que podem soar tóxicas para nós mesmos e para outras pessoas. Podemos dizer que essas informações são transmitidas por nossos sabotadores internos. Todas as formas de aflição que sentimos podem ser transmitida por eles: ansiedade, stress, raiva etc.

Para tentar afastá-los quando eles chegam, é essencial conhecê-los. O pior deles é o crítico, que nos leva ao julgamento. É por conta dele que colocamos defeitos e julgamos a nós mesmos, outras pessoas, condições e circunstâncias que vivemos com tanta frequência. Esse sabotador nos engana ao se colocar como a voz da razão.

No entanto, esse arquétipo está sempre acompanhado de mais alguns, como o insistente, que prega a necessidade de perfeição e drena a sua energia e de todos ao seu redor. Há também o prestativo, que nos força a agradar e elogiar pessoas sempre que pensa ser necessário. Esse sabotador faz com que você deixe de lado as suas prioridades e pior, torna os outros dependentes de você.

Existem muitos outros: o controlador, o hipervigilante, o inquieto, a vítima, o racional e o esquivo. É essencial perceber a presença deles e trabalhar o psicológico para que eles não se tornem empecilhos no dos seus objetivos.

As pessoas costumam dizer que o nosso maior inimigo é nossa própria mente e isso é verdade. Isso porque ela esconde personagens que ativamente sabotam a nossa felicidade e consequentemente o nosso sucesso.

Atualmente, centenas de estudos comprovam que uma inteligência positiva elevada resulta em maior felicidade. É algo que impacta no nosso desempenho e, por conta disso, traz muito mais sucesso. Ao desenvolver a inteligência positiva, e tornar a mente nossa maior amiga, é mais simples transformar problemas em oportunidades.

Saiba quais são os passos para desenvolver a sua inteligência positiva:

  1. Meça o seu QP (Quociente de Inteligência Positiva) – Ao alcançar 75% ou mais significa que você já passou do ponto da virada, ou seja, que mais de 75% do seu tempo a sua mente não está te sabotando, não deixando as dinâmicas internas levarem sua consciência para um lado ruim. É possível fazer esse teste no link:

www.companhiadasletras.com.br/testeinteligenciapositiva/

  1. Identifique os seus sabotadores – O segundo teste do link acima tem como objetivo descobrir quais são os seus principais sabotadores.
  2. Enfraqueça os seus sabotadores – reconheça os padrões de que te incomodam e que podem ser prejudiciais, nomei-os e aprenda a reconhecer a presença deles. Ao colocar uma luz sobre esses problemas, fica mais fácil evitá-los.
  3. Fortaleça o seu sábio – Esse é o momento de aceitar o fato ao invés de negar, rejeitar ou se ressentir com ele. Acreditar que de fato você está diante de uma oportunidade, uma dádiva e não um problema. É preciso ter compaixão e tentar entender a si mesmo e aos outros para conseguir solucionar desafios.
  4. Fortaleça o seu cérebro Positivo. Uma das técnicas mais simples é contar até 10. Ao fazer isso é possível segurar impulsos irracionais e ao invés de correr, paralisar ou contra-atacar, deixando o pensamento se dissipar para agir com mais consciência, dando oportunidade para um melhor .

Esses cinco passos são um ótimo começo para ativar a inteligência positiva.

Sobre Bia Nóbrega: É coach, mentora, palestrante e atua há mais de 21 anos na Área de Recursos Humanos em líderes em seus setores. 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.