Saiba como Atualizar Seus Dados no Cadastro do INSS

0

Você já conferiu se os seus dados estão certos no site Meu INSS, sabe como ou o que é necessário para atualizar seus dados no cadastro do INSS?

Isso pode até parecer simples, mas é extremamente importante estar com todos os seus dados atualizados, porque garante que você tenha acesso a todas as ferramentas que o INSS disponibiliza no site.

Além disso, se seus dados estiverem desatualizados, você terá que gastar um tempo precioso fazendo, registrando e atualizando tudo.

Mas fique tranquilo. Neste post eu vou te explicar tudo sobre:

  • Por que é importante conferir os dados no INSS?
  • CNIS errado? Veja as possibilidades de atualizar as informações
  • Passo a Passo para atualizar seus dados pelo Meu INSS
  • Conclusão

Por que é importante conferir os dados no INSS?

Com a pandemia do COVID-19 muitas pessoas estão solicitando auxílios e aposentadorias, mas o que poucas pessoas sabem é que com dados divergentes sobre períodos de contribuição, renda ou identificação acabam dificultando que o benefício seja aprovado.

Por exemplo, se você deixou de informar algum período de contribuição e for solicitar algum benefício, pode ser que o INSS não considere esse tempo nem o valor no cálculo da sua renda, isso significa que seu benefício pode ser menor que realmente deveria ser.

Outro cuidado que você precisa ter com seus dados é que eles devem estar compatíveis tanto na Receita Federal, como no INSS, porque essas instituições trocam informações entre si e se houver algum dado que não está igual isso pode causar alguns problemas com a Receita. Então cuidado, ok?

Além disso, estar com seu cadastro atualizado no INSS garante que suas informações estarão salvas.

Se daqui a alguns anos você precisar atualizar, não será necessário revirar a casa procurando uma folha de papel.

E antes de conversarmos sobre o CNIS, um documento essencial para seu benefício, vou te passar 5 dicas que facilitam a atualização dos seus dados no cadastro no INSS:

  1. Mantenha suas carteiras de trabalho bem guardadas, e sempre que houver troca de função peça para o RH do seu trabalho ajuste essa informação no seu documento;
  2. Guarde comprovantes, holerites ou qualquer outro documento que contenha informações sobre sua função, renda e condições do ambiente do trabalho;
  3. Confira as informações que estão nos seus documentos guardados;
  4. Atualize seus documentos de identificação, a Carteira de Identidade, por exemplo, tem validade de 10 anos de uma atualização para a outra. Também confira se os números de CPF, NIS ou PASEP estão ok e conferem no cadastro;
  5. Reserve um local longe da umidade e guarde todos os seus documentos trabalhistas, isso irá evitar o desgaste dos papéis e será mais fácil de achar quando necessário.

Essas dicas são bem práticas, mas elas irão te ajudar no momento de atualizar os seus dados, tornando a tarefa muito mais fácil. 🙂

CNIS errado? Veja as possibilidades de atualizar as informações

O Extrato CNIS é o Extrato Nacional de Informações Sociais.

Se você já acompanha a gente aqui no Blog ou canal do YouTube, já viu que ele é essencial para conquistar um benefício correto, porque ele contém todas as informações relacionadas aos seus vínculos trabalhistas e previdenciários desde o início de suas contribuições.

Você pode atualizar o seu CNIS no próprio site Meu INSS.

A primeira coisa a se fazer é pegar seus documentos e conferir todos os dados que estão neles.

Veja também se os períodos das contribuições e vínculos trabalhistas e analise estão corretos.

É imprescindível que esse extrato esteja ok, pois é baseado nele que o INSS calcula e analisa a concessão do seu benefício.

Se o seu CNIS estiver errado é bem provável que seu benefício também esteja no futuro.

Para te guiar melhor na atualização do seu CNIS, fique atento aos seguintes fatores:

  • Contribuições aparecem no documento;
  • Vínculos trabalhistas estão nele;

Peça ajuda de um advogado previdenciário caso esteja com dúvidas ou sem informações sobre o seu caso;

No final deste post eu vou compartilhar com você nossos outros conteúdos sobre o CNIS e o Meu INSS. 

Enquanto isso, continue comigo!

Passo a Passo para atualizar seus dados pelo Meu INSS

Quando temos algum problema em nosso cadastro no INSS acabamos ficando de mãos atadas, pois não conseguimos solicitar os serviços mais básicos no portal.

Isso já aconteceu com você?

Bom, agora vou te mostrar que é muito simples fazer a atualização dos seus dados no INSS

1º passo: ter seus documentos atualizados em mãos, pois isso garante que quando você for fazer o requerimento não vai ter problemas.

Quando se inicia uma solicitação, há alguns prazos.

Então é melhor já estar com os documentos do que esquentar a cabeça com essas duas coisas ao mesmo tempo.

A lista básica de documentos informada pelo INSS é esta:

  • Documentos pessoais do interessado com foto;
  • Outros documentos cujas informações o cidadão pretenda atualizar no cadastro do INSS, como por exemplo, título eleitoral, certidões de nascimento ou casamento, comprovante de residência, etc.
  • Extrato previdenciário (Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS);
  • Extrato de pagamento de benefícios;
  • Extrato de empréstimo consignado;
  • Extrato para imposto de renda;

Um documento extra que deve ser entregue é a Procuração ou termo de representação legal, documento de identificação com foto e CPF do procurador ou representante, se houver, mas só se for solicitado, então espere o pedido do INSS.

Após organizar seus documentos, acesse o portal do Meu INSS, faça login e escolha a opção “Agendamentos/Solicitações”, conforme a imagem a seguir:

Então, clique no campo “novo requerimento” no canto direito embaixo.

Na próxima tela, pesquise por “dados” e selecione uma das opções conforme a imagem abaixo:

2ª Passo: Faça a solicitação da correção dos dados

Caso deseje somente atualizar os dados cadastrais, clique na primeira opção “atualização dos dados cadastrais”.

Esse é um serviço pelo qual você pode solicitar ao INSS a correção dos seus dados cadastrais e de contato, além de atualização da atividade nos casos de Empregado Doméstico, Contribuinte Individual, Facultativo, ou Segurado Especial.

Após isso, você será direcionado a uma página para você informar alguns dados como endereço e telefone celular, então clique em “avançar” após informar os dados.

O INSS pede que os documentos que forem enviados estejam em formato PDF e isso é muito importante, pois vai facilitar na hora em que você for enviar seus dados para eles.

3º passo: você terá alguma opção que podem facilitar o seu pedido

Irá aparecer a pergunta: “você aceita acompanhar o andamento do processo pelo Meu INSS, Central 135 ou e-mail?” clique em “sim”, dessa forma você poderá acompanhar o andamento do seu pedido no INSS, legal né?

Outras opções irão aparecer, você deve selecionar aquela que estiver de acordo com as suas necessidades, conforme a foto abaixo:

4ª Passo: Preste atenção e anexe seus documentos

É nessa etapa que você irá anexar todos os documentos atualizados.

Lembre-se que os documentos devem estar legíveis, com uma boa fotografia ou cópia dos documentos.

Fique atento! Não corte nenhuma informação ou deixe algum dado desfocado ou de fora. Isso faz com que o INSS não aceite seus documentos.

Atenção: Cada documento deve estar em PDF e cada um pode ter no máximo, 5 MB.

Ficou com alguma dúvida? Eu sei, no começo é um pouco confuso mesmo, mas peça ajuda de algum filho, neto, amigo ou pessoa próxima que entenda de Internet, boa dica né?

5º Passo: Veja a melhor agência para você ir presencialmente

Estamos aqui falando sobre atualizar apenas dados no INSS, mas mesmo assim o Instituto pede que você escolha uma agência de atendimento mais próxima de você ou da sua região.

Isso é feito para que caso precisa, assim você consegue comparecer presencialmente sem muitos problemas.

E por fim, basta confirmar as informações e finalizar sua solicitação de atualização dos seus dados no cadastro do INSS.

Conclusão

Pronto, você aprendeu como é prático atualizar seus dados no site Meu INSS, além disso, recebeu dicas de como organizar seus documentos e qual é a importância de manter seu CNIS sempre correto.

E lembra que lá no começo deste post eu tinha de prometido deixar alguns dos nossos conteúdos sobre o assunto? Pois então, aqui estão eles:

Te deixei em boas mãos, confira e leia esses posts com bastante atenção e anote todas as dicas.

E se você quiser receber mais conteúdos como esses e em primeira mão, assine nossa Newsletter. Com ela você vai ter informações de qualidade no conforto do seu e-mail! 🙂

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por: Celise Beltrão OAB/PR 98.278. Advogada Especialista em Direito Previdenciário, sócia e vice-diretora do Ingrácio Advocacia

Fonte: Ingrácio Advocacia