Saiba como consultar CPF na Receita Federal pela internet

Consultar CPF na Receita Federal e manter a situação do documento sempre regularizada é algo muito importante para qualquer cidadão.

Principalmente pessoas que têm intenção de pedir empréstimos, contam ou pretendem contar com algum auxílio disponibilizado pelo Governo Federal.

Quem tem o CPF irregular também pode enfrentar problemas na hora de comprar algum bem material, incluindo carros e imóveis.

É pequena a parcela da população que, quando pensa ter alguma irregularidade pendente, procura descobri-la e solucioná-la de imediato.

Mas o governo monitora a situação dos cidadãos mensalmente. E qualquer problema pode causar grandes e inesperados prejuízos. Então, mantenha-se atento!

Muita gente só vai atrás de verificar a situação cadastral do CPF na Receita Federal quando já está com algum problema.

Quando isso acontece, independentemente da causa da irregularidade do documento, solucionar a complicação se torna uma urgência.

Como consultar o CPF na Receita Federal?

O melhor caminho para a consulta é acessar o site da Receita Federal. Lá, existe uma página específica para isso que pode ser utilizada por qualquer pessoa.

  1. Entre na página e preencha os campos que pedem número de CPF e data de nascimento.
  2. Em seguida, faça a validação do captcha: clique na caixinha em branco para assinalar a opção de que “você não é um robô”.
  3. Feito isso, clique no botão “Consultar”. Você será direcionado para uma nova aba, também do site da RF. Lá vai obter as informações que procura.

É possível ainda fazer a análise pelo aplicativo da Receita Federal para telefone celular:

  1. Pesquise por “Receita Federal – Pessoa Física” na loja virtual do seu aparelho e faça o download do aplicativo.
  2. Abra o app e procure pela opção “Consulta e 2ª via do CPF”. Selecione.
  3. Preencha os campos que pedem número de CPF e data de nascimento. Em seguida, clique na lupa para iniciar a busca.

Como saber se o CPF está regular?

Quando você faz a consulta da maneira orientada acima, a sua situação cadastral aparece junto com outras informações geradas pelo site, após a conclusão da busca por CPF e data de nascimento.

Se tudo estiver regularizado, ao verificar o CPF na Receita Federal, não constará nenhuma pendência.

Existe a possibilidade de a situação cadastral apresentar algum outro status. Por exemplo: o CPF estar bloqueado ou pendente de regularização.

Nesse caso, não houve entrega, por parte do cidadão, da declaração de Imposto de Renda em um ou mais dos últimos 5 anos. O CPF está na malha fina.

Entregando as declarações pendentes, ele é automaticamente regularizado.

O documento também pode ser um CPF inválido por alguma razão e estar:

  • suspenso: cadastro incorreto ou incompleto e possível de ser alterado também virtualmente, com o preenchimento de um pedido de regularização;
  • cancelado: por alguma decisão da justiça ou algum problema administrativo (entre cidadão e Receita). Sem possibilidade de regularização pela internet; ou
  • nulo: anulado por fraude.

Existem ainda documentos cuja situação indicada será de “titular falecido”.

Portanto, eles pertencem a alguém que já faleceu e que tem registrado no sistema do governo o ano da morte.

Como regularizar o CPF?

Ao pesquisar pela situação cadastral, se você encontrar um status diferente de regular, busque solucionar o problema o quanto antes e regularizar o CPF.

CPFs irregulares em decorrência da ausência de entrega de Declaração do Imposto de Renda podem ser regularizados automaticamente, desde que feita a entrega do que estiver faltando.

CPFs suspensos, por sua vez, e somente esses, exigem o preenchimento de um pedido de regularização, também disponível no site da Receita Federal, enviado ao órgão por e-mail.

Junto ao pedido, deverá constar o número de inscrição do CPF.

Além disso, precisarão ser anexadas cópias do documento de identificação com informações de naturalidade, data de nascimento e filiação e cópia do título de eleitor ou outro comprovante que mostre vínculo ou ausência de vínculo do cidadão com a Justiça Eleitoral.

Também é possível fazer a regularização pelo aplicativo da Receita Federal para mobile:

  1. No mesmo aplicativo baixado na loja virtual do aparelho celular “Receita Federal – Pessoa Física”, vá até a opção “Serviços – CPF”;
  2. Selecione “Regularização de suspensos” e siga o procedimento de preenchimento das informações.

Correção e atualização de dados do CPF

Outra coisa que pode ser feita online é a correção ou atualização dos dados do CPF, igualmente importante para que ele não fique em situação irregular ou para que problemas, como os mencionados no início do texto, não aconteçam.

Em outra página da Receita, você conseguirá atualizar, por exemplo, nome e endereço residencial.

Também terá a opção de corrigir algum outro dado já cadastrado.

Mantenha-se regularizado junto à Receita Federal, consulte sua restituição, acompanhe a situação cadastral do seu CPF e declare o Imposto de Renda com mais facilidade e sem risco de cair na malha fina.

Se já caiu na malha fina, entre em contato com a equipe da Leoa que podemos te ajudar a sair o quanto antes.

Fonte: Leoa

Comentários estão fechados.