Saiba como evitar golpes financeiros em investimentos

Falta de experiência e conhecimento de mercado podem facilitar ação de golpistas

0

Para alcançar a independência financeira e garantir o crescimento do patrimônio, muitos investidores buscam por investimentos que prometem um retorno financeiro rápido e com riscos menores, ainda mais em um cenário com a taxa básica de juros em 2% ao ano.

Porém, é preciso cuidado para não cair em golpes financeiros que vão desde pirâmide financeira até a atuação de falsos agentes autônomos de investimento.

De acordo com Ricardo Czapski, assessor de investimentos da WFlow – escritório Private especializado em Assessoria Financeira e Patrimonial credenciado à XP Investimentos, é importante pesquisar sobre o mercado financeiro e seguir algumas orientações para fazer uma escolha assertiva na hora de investir.

“O investidor precisa desconfiar de investimentos com alto rendimento e baixo risco, sendo importante pesquisar informações como liquidez, prazo e rentabilidade. Ter uma visão crítica é fundamental para entender os riscos e as vantagens que o investimento oferece para o investidor, minimizando assim, as chances de ter prejuízo nas finanças”, ressalta Czapski.

Fonte: Google
Fonte: Google

Neste ano, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) recebeu mais de 200 denúncias de fraudes financeiras até julho, além disso uma pesquisa realizada no ano passado pela Confederação Nacional de Dirigentes lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mostrou que 11% das pessoas afirmaram já terem perdido dinheiro em esquemas de investimentos fraudulentos.

Entre os golpes financeiros mais comuns estão os das pirâmides financeiras, transações com criptomoedas, falsos profissionais de investimentos, entre outros.

Portanto, é importante buscar informações em órgãos oficiais, verificar se o profissional possui certificação e se a instituição financeira é reconhecida.

“Cada investimento possui regras e prazos para serem resgatados, por isso é preciso estar atento as promessas de rápido retorno e nunca tomar uma decisão por impulso. Nesse caso, contar com o auxílio de um profissional especializado pode ajudar a identificar as melhores opções no mercado financeiro”, finaliza Ricardo Czapski.