Saiba como pagar o INSS como autônomo?

É muito evidente a liberdade que um profissional autônomo possui. Essa profissão permite a flexibilidade em horários, poder de organizar suas tarefas como julgar necessário e poder trabalhar como home Office (em casa), o que é o sonho de muitas pessoas. Mas, mesmo assim é preciso se preocupar, pois o INSS é uma forma de se assegurar em diversas situações.

Deseja saber como pagar o INSS como autônomo? Explicaremos aqui neste artigo!

Importância do INSS mesmo sendo profissional autônomo

Sabemos que os autônomos são liberais, mas é preciso se preocupar com a aposentadoria, pois se não contribuem com o INSS não podem receber seguros em casos de acidente que o impossibilite de trabalhar e nem a aposentadoria ao atingir a idade necessária para tal.

Desta forma, é essencial que as pessoas que trabalham como profissionais autônomos saibam da possibilidade de pagamento do INSS e seus benefícios, pois este além de fornecer ao segurado uma fonte de renda na aposentadoria, permite acesso a diversos outros benefícios, como auxílio doença, auxilio maternidade, auxilio paternidade, auxilio acidente, auxilio reclusão, salário família, pensão e auxílio defeso.

Caso queira mais informações, aprenda tudo sobre os benefícios do INSS neste site: consultameuinss.com.br.

Como realizar o pagamento do INSS de forma autônoma?

O pagamento é mais simples do que parece e não exige tanta burocracia. Apenas com 4 passos é possível dar entrada no procedimento e começar a pagar o seu INSS como trabalhador autônomo.

Inscrição

Primeiro é necessário realizar a sua inscrição no PIS (Programa de Integração Social), a inscrição pode ser realizada através da internet;

Se já teve registro na CTPS (Carteira de trabalho), não é preciso se inscrever novamente. Basta usar o número do PIS já existente.

Categoria

A categoria do trabalhador autônomo no INSS é a seguinte: ‘’Contribuinte Individual”, ou seja, você deverá selecionar a mesma.

Contribuição

Basta escolher qual o valor deseja pagar de acordo com as opções disponíveis pelo INSS.

Pagar o GPS

O GPS (Guia da Previdência Social) é uma espécie de carnê que é preenchido via internet ou de maneira manual. Após o preenchimento, a guia deverá ser encaminhada a um banco ou casa lotérica e realizar o pagamento.

Ao estar com a guia em mãos o prazo para efetuar o pagamento é até o dia 15 do próximo mês.

Quais são os tipos de contribuição disponíveis para autônomos?

Temos a opção de realizar o pagamento do INSS de duas maneiras, o que as difere é o valor que poderá ser pago mensalmente e quais os benéficos que cada uma assegura ao contribuinte.

  • Código 1007

Nessa forma de pagamento de acordo com o código, o valor cobrado chega a 20% do salário mensal, sendo o teto de R$ 5.839,45, valor esse atualizado em 2019.

  • Código 1163

Nesse caso o valor que deve ser pago é de até 11% de um salário mínimo, que resulta na parcela de R$ 104,94. Ao se aposentar, por ter pagado esse valor, o contribuinte terá direito a um salário mínimo.

Por mais que algumas vezes pagar o INSS como autônomo não seja uma idéia muito atraente, precisamos pensar no futuro, pois não é um gasto, mas sim um investimento. Você terá uma garantia de segurança que trará a sua aposentadoria.

Agora que já sabe como colaborar com o INSS, não perca seu tempo e garanta essa renda para você e sua família.

Parceiro: Vitório Netto Advocacia