Emissor NFe Sebrae é o mais novo emissor gratuito do mercado

Desde o ano passado a Secretaria da Fazenda de São Paulo informou que não iria mais continuar com a responsabilidade do emissor gratuito, por isso, a Sefaz SP firmou parceria com o Sebrae para atender a parcela de contribuintes que ainda utilizam o emissor gratuito de NFe e CTe.

Verifique o anúncio da parceria nesse link.

O governo transferiu ao Sebrae a solução gratuita, e desde Julho de 2017, a instituição passou a disponibilizar o aplicativo emissor de NFe para as empresas.

Acompanhe nosso artigo e fique por dentro de tudo sobre o emissor do Sebrae.

 

Entenda o Emissor NFe Sebrae Gratuito

O software emissor de NFe do Sebrae segue o mesmo padrão do emissor gratuito da Sefaz SP, é instalado no computador, e permite a emissão de notas e conhecimento de transporte.

O emissor do Sebrae conta com todas as funcionalidades que o emissor da Sefaz SP tem.

Ele gera arquivos da NFe; procedimento para realizar a assinatura com o certificado digital; transmissão para a Sefaz de origem; gerenciamento de NFe; cancelamento de NFe; Impressão do documento (DANFE); cadastros de clientes, produtos e transportadoras.

O Sebrae irá disponibilizar e atualizar as versões do aplicativo às empresas, sendo que, a parcela de contribuintes que ainda utiliza o emissor gratuito de NFe da Sefaz SP continuarão sendo atendidos pelo Sebrae. Para fazer o download do emissor acesse AQUI.

Faça o DOWNLOAD do Emissor NFe Sebrae AQUI.

Porque a Sefaz SP transferiu o emissor para o Sebrae?

O Governo paulista verificou que, a maior parte dos contribuintes aderiram a outros sistemas, e quase todos os documentos ficais das empresas não estavam sendo mais gerados pelo emissor gratuito de NFe da Sefaz São Paulo.

Então, por conta de 92,2% dos contribuintes não utilizarem o emissor gratuito de NFe da Sefaz, e utilizarem sistemas próprios, foi decidido que o emissor gratuito seria repassado para o Sebrae.

A procura por outros emissores, muitos desses pagos, é por conta da funcionalidade, por terem mais ferramentas para gerenciar uma empresa, pois muitos desses emissores, além de Nota Fiscal, oferecem também controle de estoque, controle de financeiro, fluxo de caixa, relatórios mensais, etc.

Via Soften Sistemas 

Avalie a Matéria

Comente

Comentários

Deixe uma Dúvida