Na quarta-feira (2), foi lançada pelo Banco Central (BC), a nota de R$ 200 que traz a estampa do lobo-guará em sua face. A cédula já está em circulação em dez capitais do Brasil.

O desejo é que partindo disso, as notas se espalhem pelo país por meio do Banco do Brasil.

Capitais que receberam as cédulas de R$ 200

Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém que representam autoridade monetária.

“A partir dessas capitais, o Banco do Brasil, que é quem operacionaliza a custódia do BC, vai nos ajudar, dada sua capilaridade, a chegar no interior do país. É possível que quem vier a sacar em Brasília ou em outras capitais hoje já se deparem com a cédula”, disse Carolina de Assis Barros, diretora de Administração do Banco Central.

Segundo o Banco do Brasil, em Brasília, as notas de R$ 200 já podem ser sacadas nas agências BB e na agência do setor Bancário Sul.

A nota de R$ 200 é a sétima da família do real, no fim de julho foi seguido com resistência.

O custo de produção da nova nota com o lobo-guará, vai custar R$ 0,325 centavos por nota. Esse preço será o mais alto entre as cédulas e moedas que já circulam no país.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil