A insônia é um problema que pode atrapalhar o sono de qualquer pessoa. Esse distúrbio pode provocar diversos desconfortos, como cansaço, falta de atenção, sonolência durante o dia e até mesmo prejudicar a memória.

No entanto, o que muito ainda não sabem é que dormir mal também pode acelerar o envelhecimento facial.

Quando falam sobre sono da beleza, muita gente acha que é apenas mito, mas é real.

Uma noite bem dormida garante uma aparência facial mais saudável, desacelera o envelhecimento da pele, controla a oleosidade natural e evita problemas, como as olheiras e o ressecamento.

“Os benefícios são muitos, é durante a noite que há uma regulação dos níveis de vários hormônios, como a serotonina que estimula o bem-estar, o hormônio chamado “GH” – que possui a capacidade de reduzir a gordura do corpo, aumentar o tônus muscular e melhorar a elasticidade da pele, influindo na aparência como um todo”, conta Dra. Karla Lessa, médica e proprietária do Instituto Lessa.

Dormir bem também influencia nos níveis de insulina, que se estiverem altos, causam um efeito chamado de glicação, que acelera o envelhecimento cutâneo.

“Enquanto descansamos, a circulação do sangue aumenta e os ativos presentes nos cosméticos que usamos são absorvidos mais rápidos.

Por isso, durante a noite usamos produtos mais potentes, com maior concentração e alguns fotossensíveis”, comenta.

É durante a noite, enquanto dormimos, que ocorre a renovação celular e o equilíbrio e reparação dos danos causados durante o dia à sua pele pela a sol, poluição e vento.

Dormir demais ou dormir com a postura errada (como dormir de lado) também pode prejudicar a saúde da pele.

“Por exemplo “as sleep lines”, as rugas do sono, geralmente em regiões como o colo e as maçãs do rosto.

Leve em consideração que uma boa noite de sono, deve ter no mínimo 6h de duração”, explica a médica.

Dra. Karla separou alguns dos cuidados ideais para o rosto antes de dormir:

1- Limpeza facial (que é o passo mais importante)

É preciso remover o filtro solar ou a maquiagem com o uso da água micelar como demaquilante.

2- Tônico facial

Se necessário ou somente lavar o rosto com a sabonete específico para o seu tipo de pele.

3- Hidratar a pele

A hidratação é ideal para manter o viço da pele.

4- Rotina Skincare noturna

Usar os cremes de tratamento (como os antienvelhecimentos e clareadores da pele).

Cuide também das regiões das áreas dos olhos que possuem a pele mais sensível – use produtos específicos para essa região, indicados pelo seu dermatologista.

“É muito importante nunca se automedicar e consultar sempre seu dermatologista para a prescrição dos cosméticos corretos da sua “reparação cutânea noturna” de acordo com o seu tipo de pele e com a sua idade”, finaliza a médica.

Por Dra. Karla Lessa é capixaba e especialista em saúde e beleza.