Neste artigo, você vai conferir em detalhes quais são os documentos necessários para tirar sua empresa do papel. Vamos lá?

Basicamente, tudo que você precisa é um comprovante de propriedade do endereço onde a empresa será aberta (ou contrato de aluguel) e documentos de identidade seus e do(s) sócio(s). Todos devem providenciar um documento de identidade (RG e CPF ou CNH), comprovante de endereço, certidão de casamento (caso se aplique) e o número de entrega do recibo do último IRPF. Além disso, é necessário definir o tipo do negócio e estimar um faturamento para o primeiro ano.

Com o serviço de escritório virtual, você pode abrir seu CNPJ nos endereços mais estratégicos para negócios e ter sua empresa os maiores centros econômicos do país.

Quanto custa e como funciona o processo de abertura?

O valor para abrir uma empresa pode variar muito, de acordo com o tipo da empresa, sua complexidade, a cidade onde ela será aberta, entre outros fatores. Algumas taxas são fixas, como o DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) e o DARE (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais), Junta Comercial, Certificado Digital e honorários de contabilidade.

Defina seu CNAE

A definição do CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) é um passo fundamental para o início da empresa. O CNAE resume em códigos as principais atividades autorizadas e exercidas no país, do setor público à prestação de serviços. Essa definição é essencial para proporcionar melhor controle fiscal das atividades exercidas. 

Você pode conferir aqui a lista completa de CNAEs, que vai determinar os tipos de atividade que sua empresa poderá executar.

 Inscrição na Receita Federal

Nessa etapa é necessário informar à Receita Federal todos os dados da futura empresa e dos responsáveis. Nessa análise, o órgão  vai indicar se existe algum tipo de conflito que dificulte a abertura. Caso não exista, é gerado o Documento Básico de Entrada (DBE), que permite a continuidade da abertura nos outros órgãos.

Abertura do CNPJ e registro na Junta Comercial

Após a geração da DBE, o processo segue para a Junta Comercial, que fica por conta de registrar o contrato e gerar o CNPJ. Após o deferimento da Junta Comercial, a liberação do CNPJ costuma levar 1 dia.

Inscrição municipal

Como o nome sugere, a inscrição municipal é realizada pela prefeitura do município onde a empresa está cadastrada. Ela resulta no número de identificação municipal (o famoso Alvará), que é basicamente a sua permissão para funcionar como empresa.



DICA EXTRA: O primeiro passo para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos.

Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, curso este aprovado por inúmeros alunos e que vem gerando uma revolução no conhecimento e na carreira de profissionais contábeis. 

O curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber. Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!



Conteúdo original CNPJ Fácil