Saiba quais os gastos você terá ao abrir seu negócio

0

Uma das dúvidas mais frequentes entre aquelas pessoas que querem abrir um negócio é a de quanto isso custará. Esse fator pode ser determinante para a ideia vire realidade! E por isso, vamos compartilhar quais são os gastos que você terá ao abrir seu negócio.

Antes precisamos ressaltar que, as taxas de cada etapa do processo de abrir um negócio que citaremos nessa matéria variam de estado para estado. Além disso, o valor delas depende do tipo de empresa que você escolher abrir.

Outro elemento influenciador no gasto que você terá ao abrir seu negócio é a escolha do regime tributário, pois ele determinará os impostos que sua empresa terá que pagar mensalmente e anualmente.

Mas não se assuste! Iremos explicar melhor esses e outros gastos.

Regime Tributário

Ao formalizar um negócio, você precisa optar pelo regime tributário mais adequado. No Brasil existem três tipos de regimes tributários: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional.

No Lucro Real a tributação é calculada sobre o lucro líquido da empresa. Enquanto no lucro presumido, a Receita Federal presume qual será o lucro da empresa baseado na atividade exercida. Já no Simples Nacional, o recolhimento é simplificado através de uma única guia. Porém, isto não significa necessariamente que a carga tributária será menor do que nos regimes anteriores.

Escolher o regime tributário é tão importante para a abertura do seu negócio que é recomendável que você tenha um contador ao seu lado. A escolha errada pode fazer com que você pague mais imposto do que deveria.

Investimento inicial

Toda empresa precisa de um investimento inicial também conhecido como Capital Social. A determinação deste valor depende das necessidades previamente estabelecidas para o funcionamento adequado da empresa. Esse custo está relacionado à compra e instalação de móveis e equipamentos essenciais para o início das atividades. Dependendo da natureza do seu negócio, você também precisará investir em tecnologia, softwares e em estoque inicial.

Ainda no quesito infraestrutura, se houver necessidade de aluguel da sede ou de ponto comercial, essa é uma despesa importante não apenas no começo da empresa, mas que se manterá entre os custos fixos mensais.

O Capital Social pode variar conforme o tipo de empresa. Por exemplo, se abrir uma Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli), a formalização exige um capital social mínimo de 100 vezes o salário mínimo, o que hoje representa um valor superior a R$ 90 mil.

Custas de Constituição da Empresa

Ao constituir a empresa, é necessário o pagamento de algumas taxas e também providenciar certificados digitais da empresa e/ou responsável legal, sendo:

  • Junta Comercial ou Cartório – é a taxa necessária para efetuar o registro público da empresa.
  • Alvarás de Funcionamento / Ambiental
  • Conselho de Classe – Taxa de Registro OAB, CRECI, CREA, CREMED, etc.
  • Certificado Digital – é necessário para emitir Notas Fiscais Eletrônicas e/ou entrega de declarações acessórias junto aos órgãos governamentais;

Registro de marca

Outro gasto que você terá ao abrir o seu negócio é com o registro de marca. E não confunda marca com o nome da empresa. Marca é aquilo que faz o consumidor te reconhecer, te diferenciando dos demais.

Antes de dar entrada no pedido de registro, é preciso realizar uma pesquisa para saber se já não existe uma marca com as mesmas características que a sua.

Após conseguir o registro da marca, o empreendedor precisa pagar uma taxa para garantir a exclusividade da marca pelo período de 10 anos. O custo médio entre o momento do pedido de registro da sua marca e a aprovação do registro é de R$ 440,00 para uma pequena empresa (MEI, ME entre outros tipos) e de R$ 1.100,00 para empresas de médio e grande porte.

Registrar seu nome comercial ou nome fantasia (e as imagens associadas a ele) é a única maneira de se proteger contra possíveis cópias e garantir a exclusividade do seu produto ou serviço. Mas esse processo é demorado e requer conhecimento e um acompanhamento rigoroso, por isso, vale a pena contar com ajuda especializada.

Conclusão

Saber exatamente quanto custa abrir uma empresa requer cálculos, mas como destacamos no início desta matéria, alguns detalhes como a unidade da federação  onde você decidir e a escolha do regime tributário irão influenciar neste valor.

Por isso, o melhor a fazer é procurar ajuda profissional de um contador para avaliar as possibilidades e identificar a melhor forma de fazer a abertura da empresa, visando não apenas minimizar os custos iniciais, mas também garantir a sustentabilidade do negócio adotando o melhor regime.

Via Balan-set

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.