Saiba quem recebe o Auxílio Brasil de R$ 400 ainda em janeiro

O Auxílio Brasil inicia seus pagamentos de 2022, a partir do dia 18 de janeiro. Veja quem será contemplado pelo benefício. 

O programa Auxílio Brasil foi estabelecido como substituto do extinto Bolsa Família, em 2021. Este ano os pagamentos do novo benefício continuam, com início marcado para a próxima terça-feira, dia 18 de janeiro. 

Vale ressaltar que os pagamentos no valor pretendido de R$ 400 estão confirmados para 2022. Diante disso, até o final deste ano, nenhum beneficiário deve receber menos que essa quantia. 

Além do valor mais alto, o programa será ampliado para novos beneficiários, segundo informações divulgadas pelo Governo Federal. A expectativa é que ingressem 2 milhões de famílias na folha de pagamento do Auxílio Brasil.

Calendário do Auxílio Brasil   

O calendário de pagamentos do Auxílio Brasil segue os moldes do antigo Bolsa Família, de modo que os beneficiários permanecem recebendo conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). Confira:

Final do NISData do depósito 
118 de janeiro 
219 de janeiro 
320 de janeiro 
421 de janeiro 
524 de janeiro 
625 de janeiro 
726 de janeiro 
827 de janeiro 
928 de janeiro 
031 de janeiro 

Regras de concessão do Auxílio Brasil 

Para ter direito aos pagamentos do Auxílio Brasil, é necessário que a família esteja enquadrada em algumas regras estabelecidas pelo programa. Confira: 

  • Primordialmente, a família deve estar inscrita no Cadastro Único (Cadúnico);
  • Estar em situação de pobreza (ter renda familiar per capita de R$ 100,01 a R$ 200,00) e possuir integrante gestante ou menor de 21 no grupo familiar; OU
  • Estar em situação de extrema pobreza (ter renda familiar per capita de até R$ 100). 

De todo modo, para saber se está ou não incluído no programa, basta consultar o aplicativo do Auxílio Brasil, disponível para Android e IOS. Também é possível realizar este procedimento ligando no número 121 (Ministério da Cidadania) ou 111 (Central de atendimento da Caixa Econômica Federal). 

Comentários estão fechados.