Saiba se seus dados pessoais foram vazados

“Cadê Meu Dado”, ajudará o cidadão a verificar informações como CPF ou até e-mail, para saber se eles foram usados de forma indevida

Dados pessoais vazados, é um grande medo do mundo moderno. Ninguém mais se sente protegido, mas ao mesmo tempo, tudo depende da tecnologia. Pedem a você número de CPF para várias coisas. Ao usar celular, computador, sempre pode ter alguém pronto para roubar seus dados e usá-lo de maneira errada.

No entanto, um site, com apoio de empresas nacionais e internacionais e também da Associação Nacional dos Profissionais de Privacidade de Dados, ajuda você a saber se já teve seus dados pessoais já foi exposto de alguma forma.

O lançamento foi nesta sexta-feira (28), dia internacional da Proteção de Dados. Para você ter essa informação basta acessar a plataforma “Cadê Meu Dado”, ela ajudará o cidadão a verificar informações como CPF ou até e-mail, se eles foram usados  de forma indevida. Será possível também realizar denúncias do uso indevido de informações e também possibilitará realizar contato entre as partes para tentar equacionar o problema.

De acordo com o portal UOL, uma das co-fundadoras do site é a advogada Mila Cerqueira, que contou que a plataforma é uma ferramenta que deverá se popularizar e fortalecer a cultura de proteção de dados no Brasil.

“Nosso objetivo é contribuir com a Autoridade Nacional de Proteção de Dados e com todo o ecossistema”, disse ela ao portal.

O roubo de dados tornou-se um problema mundial, pessoas mal intencionadas podem ter acesso não consensual de suas informações pessoais. Os roubos mais constantes de dados são o número de CPF, informações de cartão de crédito, a data de seu aniversário e por aí, qualquer coisa que facilite o ladrão de dados utilizar as informações para se dar bem.

Geralmente eles usam essas informações para comprar ou realizar outras ações usando o seu nome, criando assim, problemas para o cidadão.

Somente no ano de 2020 houve cerca de 1,6 bilhão de casos de roubo de dados pessoais na internet do Brasil. O Brasil ocupa a terceira posição na lista de nações que mais sofreram com ataques e invasões de credenciais no mundo. 

Comentários estão fechados.