Saque emergencial do FGTS já tem data para começar?

0

O saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi lançado no ano passado para atender os trabalhadores que atuam no regime CLT diante do cenário de crise econômica em decorrência da pandemia da Covid-19.

No ano passado, em decorrência da pandemia da Covid-19 o governo liberou uma série de benefícios com objetivo de amenizar os impactos econômicos aos cidadãos e as empresas. Dentro destes benefícios, o governo viabilizou o saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para todos os trabalhadores do regime CLT que possuíam saldo vinculado as contas do fundo.

De modo geral, todo trabalhador que tinham saldo nas contas do FGTS puderam resgatar até R$ 1.045 (salário mínimo de 2020) das contas ativas (emprego atual) e contas inativas (empregos anteriores). Resumidamente, o único critério exigido para saque dos valores era ter saldo disponível.

Fonte: Google
Fonte: Google

Saque emergencial 2021

O saque emergencial do FGTS para 2021 é uma das medidas previstas pelo governo federal desde o ano passado, quando o governo elaborou um plano de contingência para este ano, caso o país viesse a enfrentar uma segunda onda da pandemia.

Devido a diversos atrasos relativos à liberação de outras medidas, pouco tem se falado sobre o saque emergencial do FGTS para 2021, no entanto, a expectativa é que o mesmo possa ser liberado até o final de junho aos trabalhadores.

A previsão ainda é de que o saque funcione nos mesmos moldes do ano passado, permitindo que os trabalhadores possam sacar até um salário mínimo das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia este ano.

Ainda segundo técnicos da equipe econômica do governo, há margem de recursos suficientes para permitir uma nova rodada de retiradas do FGTS em 2021. A medida não comprometeria a sustentabilidade do fundo.