Saque emergencial: Saiba quais benefícios você ainda pode receber em 2020

0

Os trabalhadores têm buscado novas formas de conseguir um recurso extra durante a pandemia, seja para quitar as dívidas ou garantir o sustento da família.

Mas saiba que alguns benefícios ainda estão disponíveis para saque, dentre eles está o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), o PIS (Programa de Integração Social) e o próprio auxílio emergencial. 

Então, preparamos este artigo com informações sobre os recursos e como ter acesso à eles.

Se você se interessou, continue acompanhando e veja qual deles você ainda pode receber. 

FGTS Emergencial

Devido à pandemia, o Governo Federal decidiu criar uma nova modalidade de recebimento do FGTS: o saque emergencial.

Dessa forma, você pode acessar o aplicativo FGTS e consultar se você tem direito e qual o valor disponível.

Para isso, a plataforma faz a simulação de acordo com as contas que você possui – inativa ou ativa. 

Assim, você pode solicitar o saque e saberá a data em que o recurso estará disponível.

A partir disso, a Caixa Econômica criará uma conta digital no aplicativo Caixa Tem, por onde você poderá fazer as movimentações do recurso.

Através disso, podem ser feitos saques, transferências, pagamentos e compras, utilizando as funcionalidades do Caixa Tem que foi criado para garantir o acesso do beneficiário ao recurso.  

Todos os trabalhadores já tiveram o valor solicitado crédito em conta, então, se você tiver interesse pode fazer a solicitação à Caixa por meio do aplicativo.

Mas vale lembrar que a medida vale até 31 de dezembro.

Então, após essa data, não será possível solicitar o saque emergencial. 

Além disso, os trabalhadores que receberam o valor na conta digital devem fazer a movimentação do recurso até o dia 30 novembro, pois, após esse prazo o valor retornará ao fundo e precisará ser feita uma nova solicitação para ter acesso ao dinheiro.

Informações sobre o recebimento também podem ser obtidas por meio da Central Telefônica da Caixa, pelo número 111. 

PIS

O PIS é um abono pago aos trabalhadores que atuaram durante os anos 2018/2019 com carteira assinada.

Sendo assim, a quantia a ser recebida depende do tempo de trabalho podendo chegar à um salário mínimo que é de R$ 1.045 em 2020. 

Para ter acesso ao recurso é preciso cumprir alguns critérios como estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos, recebendo, em média, até dois salários mínimos no ano-base.

Também é necessário ter exercido atividade formal por no mínimo 30 dias no ano-base e estar registrado na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). 

Por isso, confira o calendário de liberação do recurso e saiba se você pode sacar:

Nascido em​Recebem a partir de
​Julho​16/07/2020 (Pagamento Liberado)
​Agosto​18/08/2020 (Pagamento Liberado)
​Setembro​15/09/2020(Pagamento Liberado)
​Outubro​14/10/2020 (Pagamento Liberado)
​Novembro​17/11/2020 (Pagamento Liberado)
​Dezembro​15/12/2020
​Janeiro​​​​19/0​1/2021
​Fevereiro
​Março​​11/02/2021
​Abril
​Maio​​17/03/2021​​

Aqueles que não receberam o recurso por estarem com seus dados desatualizados, poderão ter acesso ao PIS em dezembro, conforme o segundo lote de pagamentos. 

Então, para saber se tem direito ao abono salarial, você tem as seguintes opções: 

  • Aplicativo Caixa Trabalhador
  • Site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS)
  • Telefone de Atendimento da Caixa: 0800 726 0207
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

PASEP

Assim como o PIS, também têm direito ao recurso os trabalhadores do serviço público, por meio do Banco do Brasil.

O benefício é conhecido como PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e se trata de um fundo vinculado a órgãos públicos, que fazem uma contribuição regular ligada aos empregados. 

Têm direito ao PASEP os empregados que estiverem cadastrados no Pasep há pelo menos cinco anos; tenham recebido até dois salários mínimos de média mensal no ano base de referência, aqueles que tiverem trabalhado pelo menos 30 dias durante o ano base de referência e declarado corretamente do Relatório Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano de referência.

Veja o calendário de pagamentos do PASEP: 

  • Final de inscrição 0: receberam a partir de 16 de julho de 2020;
  • Final de inscrição 1: receberam a partir de 18 de agosto de 2020;
  • Número final de inscrição 2: receberam a partir de 15 de setembro de 2020;
  • Final de inscrição 3: receberam a partir de 14 de outubro de 2020;
  • Final de inscrição 4: receberam a partir de 17 de novembro de 2020;
  • Número final de inscrição 5: receberão a partir de 19 de janeiro de 2021;
  • Final de inscrição 6 e 7: receberão a partir de 13 de fevereiro de 2021;
  • Final de inscrição 8 e 9: receberão a partir de 17 de março de 2021.

Auxílio Emergencial

Os beneficiários continuam recebendo os pagamentos de R$600 ou de R$300 do Auxílio Emergencial, conforme o calendário disponibilizado pela Caixa Econômica Federal.

A quantia de parcelas depende de quando você recebeu a primeira, então, fique atento ao calendário dos ciclos, pois, são disponibilizadas duas datas importantes: a data agendada para o depósito que é quando podem ser feitas as movimentações financeiras pelo aplicativo Caixa Tem e também a data de liberação de saques. 

Para você entender melhor, separamos os calendários.

Confira: 

Depósito em conta

  • 27 de novembro – nascidos em abril
  • 29 de novembro – nascidos em maio
  • 30 de novembro – nascidos em junho
  • 2 de dezembro – nascidos em julho
  • 4 de dezembro – nascidos em agosto
  • 6 de dezembro – nascidos em setembro
  • 9 de dezembro – nascidos em outubro
  • 11 de dezembro – nascidos em novembro
  • 12 de dezembro – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro (ciclos 3 e 4)

  • 26 de novembro – nascidos em julho
  • 28 de novembro – nascidos em agosto e setembro
  • 1º de dezembro – nascidos em outubro
  • 5 de dezembro – nascidos em novembro e dezembro

Saque em dinheiro (ciclos 5 e 6)

  • 19 de dezembro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 4 de janeiro – nascidos em março
  • 6 de janeiro – nascidos em abril
  • 11 de janeiro – nascidos em maio
  • 13 de janeiro – nascidos em junho
  • 15 de janeiro – nascidos em julho
  • 18 de janeiro – nascidos em agosto
  • 20 de janeiro – nascidos em setembro
  • 22 de janeiro – nascidos em outubro
  • 25 de janeiro – nascidos em novembro
  • 27 de janeiro – nascidos em dezembro

Por Samara Arruda