Saque triplo do PIS/Pasep é liberado para os trabalhadores

Conheça três opções de saque do PIS/Pasep disponíveis para este ano

O encerramento do cronograma de pagamentos do abono salarial ano-base 2020 realizado entre os meses de fevereiro e março deixou muitos trabalhadores na expectativa de uma possível nova rodada de pagamentos do PIS/Pasep para este ano.

Contudo, conforme definido pelo governo, assim como pelo Orçamento disponibilizado para pagamento do abono salarial do PIS/Pasep, não haverá uma nova rodada de pagamentos do benefício para quem trabalhou em 2021.

Dessa forma, os trabalhadores que exerceram atividade de carteira assinada em 2021 terão acesso ao abono salarial do PIS/Pasep apenas em 2023.

Todavia, milhares de trabalhadores ainda possuem direito de receber três diferentes opções de saques do PIS/Pasep. A primeira delas está relacionada aos trabalhadores que não realizaram o saque do abono ano-base 2020.

Assim como uma nova oportunidade liberada pelo governo, onde, milhares de trabalhadores que não realizaram o saque do abono salarial ano-base 2019 agora possuem uma nova chance de receber o benefício.

Por fim, a terceira opção é a que mais possui dinheiro disponível para resgate diz respeito às cotas do fundo PIS/Pasep que pode possuir mais de R$ 23 bilhões para ser pago a cerca de 10 milhões de trabalhadores.

Abono salarial 2020

Entre os meses de fevereiro e março a Caixa Econômica Federal realizou o pagamento do abono salarial ano-base 2020 a cerca de 21 milhões de trabalhadores.

Contudo, um contingente próximo a 300 mil trabalhadores ainda não realizou o saque do abono salarial de 2020.

Dessa forma, caso você tenha trabalhado pelo menos 30 dias em 2020 e ainda não realizou a consulta e saque do benefício, é bem possível que você tenha valores entre R$ 101 e R$ 1.212 para receber.

Para consultar se você tem direito ao abono salarial é super simples, basta realizar baixar no seu celular na loja de aplicativos o app da Carteira de Trabalho Digital.

Por meio do aplicativo é possível identificar se você possui valores a receber e já solicitar o resgate direto pelo celular de forma super simples e prática.

Abono salarial 2019

Os trabalhadores que esqueceram de sacar o abono salarial ano-base 2019 também ganharam uma nova oportunidade de resgate do benefício.

O pagamento do abono salarial ano-base 2019, se encerrou no mês de junho de 2021, contudo, o governo liberou uma nova chance até o fim do ano para os trabalhadores receberem o benefício.

A consulta para identificar se possui ou não direito ao abono ano-base 2019 também pode ser feita pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, disponível na loja de aplicativos do seu celular.

Contudo, no caso do abono ano-base 2019, o trabalhador deverá realizar uma solicitação de pagamento através dos seguintes canais:

  • Pelo e-mail trabalho.uf@economia.gov.br (troque o termo “uf” pela sigla do seu estado);
  • Em uma unidade da Superintendência do Ministério do Trabalho e Previdência.

Após enviar o e-mail será necessário apenas aguardar a resposta para conseguir realizar o saque do benefício. Em caso de dúvidas, o trabalhador pode entrar em contato pelo telefone da Central Alô Trabalhador nº158.

Cotas do fundo PIS/Pasep

Cerca de 10 milhões de pessoas possuem direito às cotas do fundo PIS/Pasep. Essas cotas são destinadas aos trabalhadores que exerceram atividade de carteira assinada entre 1970 e 1988.

As cotas foram liberadas para saque em 2019, logo, caso você ou seu familiar tenha trabalhado em 2019, mas não tenha recebido o benefício, o dinheiro pode estar parado aguardando o saque.

Lembre-se de não confundir o abono salarial com as cotas do fundo PIS/Pasep que são benefícios diferentes.

Isso porque, enquanto o abono salarial é pago anualmente aos trabalhadores que se encaixam nas regras do programa, as cotas do fundo PIS/Pasep são pagas apenas uma vez na vida do trabalhador.

Para sacar o dinheiro é simples, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal com um documento oficial com foto e informar que deseja realizar o saque das cotas do fundo PIS/Pasep.

Comentários estão fechados.