Score 2.0: Serasa atenua as punições sofridas por devedores. Saiba mais

0

O Serasa divulgou nesta quarta-feira (26), uma nova forma de avaliar o risco de crédito, em outras palavras, agora a análise que verifica se é válido dar créditos ou não ao solicitante, sofreu alterações. Desta forma, agora o pagamento dos débitos em dia, terão mais peso no Score. A novidade foi batizada de Score 2.0. 

Ainda neste sentido, o grande diferencial, é que o histórico de dívidas deixa de ser o fator mais relevante, agora passando a ser o pagamento dos créditos que o devedor possui atualmente. Sendo assim, a empresa irá considerar mais os hábitos positivos frente aos negativos.

“As pendências do passado passam a ter menos peso, porque passamos a levar mais em consideração os hábitos positivos recentes, como contas pagas em dia. No modelo atual, quem quita tudo em dia faz muito mais diferença”, afirma o diretor de produtos da Serasa, Lucas Lopes.

emprestimo

Entenda melhor o que mudou

A grande mudança se dá conforme peso dado aos hábitos positivos, e negativos, que a partir de agora interferem de modo diferente na pontuação do Serasa. Anteriormente, o peso para o pagamento de créditos em dia era de 13,9%, após a alteração passou a ser de 43,6%. 

Ainda neste sentido, antes o histórico de dívidas trazia consigo um peso de 30,1%, agora passa a ser 13,7%. Em razão disso, manter seus débitos em dia, hoje é a melhor forma de atingir uma pontuação mais alta junto ao Serasa. 

Confira também outras alterações: 

  • Tempo de uso do crédito: O peso passou de 8,4% para 10,1%;
  •  O crédito contratado: Passou também a ter mais peso, passando de 3,6% para 7,9%.

Posto isto, aqueles que têm informações no Serasa, já podem notar as mudanças, sendo mais aparentes após a atualização do banco de dados da empresa.

Conteúdo por Lucas Machado