Segundo Pastor, Bolsonaro foi escolhido por “Deus” para governar o Brasil

Brasília- DF- Brasil- 10/12/2014- Sessão para votar o pedido de cassação do mandato do deputado André Vargas (sem partido-PR). Na foto, Dep. Jair Bolsonaro (PP-RJ). Foto: Gabriela Korossy/ Câmara dos Deputados

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou as redes sociais, neste domingo, para postar um vídeo em que ele é apontado como o “escolhido por Deus” para governar o Brasil pelo pastor francês Steve Kunda. Na conta no Facebook, o presidente afirmou que “não existe teoria da conspiração” e que quem deve ditar os rumos do país é o “povo”. 

“Na história da bíblia, houve políticos que foram estabelecidos por Deus. Um exemplo é quando falam do imperador da Pérsia, Ciro. Antes do seu nascimento, Deus fala através de Isaías: ‘Eu escolho meu servo Ciro’. E o senhor Jair Bolsonaro é o Ciro do Brasil”, afirmou o pastor, em meio a um discurso em defesa do político brasileiro. 

“Eu não moro aqui, mas falo da parte de Deus. Vocês aceitando ou não, vocês, sejam de esquerda ou direita, o senhor Jair Bolsonaro é o Ciro para o Brasil. Foi escolhido para um novo tempo, uma nova temporada no Brasil”, continuou o religioso, que é fundador da Mission Chretienne Ouvriers de L’Evangele, na França.

No discurso de pouco mais de seis minutos, o pastor pede aos brasileiros que “orem” por Bolsonaro, ao invés de criticá-lo ou fazer oposição ao presidente. “Não passe seu tempo a criticar, junta vossas forças, sustente esse homem, ore por ele, encoraja-o”, diz Steve Kunda. 

Segundo o pastor, antes das eleições no Brasil, Deus teria mostrado a ele que os primeiros dois anos de governo seriam difíceis e que Bolsonaro encontraria obstáculos. Mas Deus o teria escolhido para transformar o país no centro da Améritca Latina, com poder de influência política sobre os demais países, até mesmo no plano espiritual. 

Ainda de acordo com o religioso, ele foi desaconselhado por colegas a opinar sobre a política no Brasil. Mas resolveu se manifestar em razão da poder de influência que a igreja tem sobre os fieis. 

“Eu fiz um vídeo e publiquei, muitos pastores me falaram para não dizer nada porque muita gente não gostava do Bolsonaro. Mas da mesma forma que Deus escolheu Ciro, Deus escolheu Jair Bolsonaro presidente do país que eu respeito e honro”. 

As declarações foram dadas em francês durante o programa Bate-Papo, transmitido na Rede Super, emissora religiosa de Belo Horizonte, em abril. O programa é apresentado pelo historiador e teólogo Cássio Miranda. O canal é vinculado à Igreja Batista da Lagoinha. Na publicação da entrevista, no site da emissora, a chamada: “Alerta! Steve Kunda faz profecia para o Brasil”. 

O pastor francês ainda faz um apelo às várias correntes evangélicas para que evitem a divisão. “Pastores, estejam na unidade, esqueçam as divisões. Deus não é protestante, não é evangélico, não é católico, batista. Deus é Deus. É indivisível”.