Segundo pesquisa, mulher com decote tem 20 vezes mais chance de arranjar emprego

0
46

No Brasil, as mulheres ganham, em média, 76% da renda dos homens. Nos Estados Unidos, quase uma em cinco mulheres (18%) disse já ter sido estuprada em algum ponto de sua vida. Para homens, o índice é de 1 em 71 homens (1,4%).

Dados como estes comprovam: embora ainda seja mal visto e pouco entendido, o feminismo é necessário. Isso porque, dia após dia, a sociedade patriarcal continua agredindo, culpabilizando e objetificando a mulher.

Um recente exemplo disso é bem demonstrado em uma pesquisa realizada na Universidade de Sorbonne, na França, que diz que mulheres que se apresentam com decotes têm 20 vezes mais chances de obter um emprego. Ou seja: para eles, não importa sua competência e suas habilidades, mas sim a roupa que você veste e o corpo desejável que tem.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores submeteram 200 currículos a vagas em Paris com fotos de mulheres parecidas. Os CVs eram praticamente idênticos, com apenas uma diferença: metade das candidatas exibia na foto um decote revelador.

Ao final da pesquisa, eles concluíram que as mulheres que exibiam mais os seios recebiam 62 mais ofertas de emprego do que as outras.

“Os resultados são chocantes e negativos, mas não necessariamente surpreendentes. Eles mostram que precisamos conduzir novas pesquisas”, comentou Sevag Kertechian, um dos líderes da pesquisa.

Leia a materia na integra em (inglês)