Segurado do INSS que não responder a carta enviada terá benefício suspenso

0

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está enviando milhares de cartinhas exigindo que aposentados e pensionistas apresentem documentos para a concessão dos benefícios.

Quem não enviar a documentação solicitada pelo órgão poderá ter seu pagamento suspenso.

O segurado terá até 60 dias para responder ao INSS. Porém, se ele não responder, o benefício corre o risco de ser suspenso. Passando dos 3 0 dias, poderá ser cassado.

As cartas, que são chamadas de “Comunicado de exigência”, estão sendo encaminhadas pelo INSS a fim de apurar irregularidades ma concessão de benefícios (a intenção é fazer revisões).

Cartas do INSS

O comunicado enviado exige que o segurado apresente documentos como CPF, RG, Certidão de Casamento, Carteira de Trabalho, entre outros. No entanto, a documentação já é exigida para dar entrada em qualquer benefício.

As cartas não são personalizadas. Ou seja, a mesma documentação é exigida a um público heterogêneo. Desta forma, parece que o instituto não está procurando alguma irregularidade.

O segurado ao receber a carta, deverá encaminhar o que foi pedido pelo Instituto Nacional do seguro Social. Você não respondendo, poderá ficar sem seu benefício.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil