Serasa aponta queda no número de inadimplentes

Com base em uma pesquisa realizada pelo Serasa, ocorreu uma queda de 3% no número de devedores em comparação a junho deste ano.

É o segundo mês seguido com quedas no número de cidadãos com dívidas pessoais, conforme as informações do Serasa, são cerca de 62,5 milhões de inadimplentes no país. 

A empresa responsável pelas análises informou que a soma dos valores devidos chega a R$ 245 bilhões. O valor apresenta queda de 1,46% em comparação ao mês precedente. 

Maior percentual de famílias endividadas 

Conforme as pesquisas realizadas pela CNC (Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo), o mês de junho de 2021 apresentou um aumento significativo no número de famílias com dívidas ativas no país.

Foi o maior número registrado desde o ano de 2010. Conforme a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), 69,7% das famílias foram registradas como endividadas no 1º semestre deste ano. 

Cerca de 10,8% das famílias alegaram não ter condições para efetuar o pagamento de dívidas e contas. O aumento da inflação e a chegada do fim do auxílio emergencial são alguns fatores que criam esse cenário de incerteza para esses grupos familiares. 

Origem das dívidas   

O estudo realizado pelo Serasa, informa que a maior parte dos devedores e inadimplentes tem dificuldades para manter o pagamento dos cartões de crédito em dia, contas de energia elétrica e telefone.

As dívidas com bancos e cartões representam 29,7% do percentual de inadimplência no país, essas pendências também apresentam um aumento elevado de juros. 

Muitas famílias tiveram o cartão de crédito como principal gerador de dívidas. O cartão é a fonte de dívidas para 82,6% das famílias que recebem até 10 salários mensais.

As dívidas com o segmento de serviços também teve aumento, cerca de 23,6%. Segundo o estudo, entre os estados que lideram o número de inadimplentes no Brasil estão São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. 

Não obstante, são as regiões que mais realizam negociações com o Serasa Limpa Nome. 

Abertura para o acerto de contas

O Serasa Limpa Nome é o serviço disponibilizado para a negociação dos débitos. Em agosto deste ano, estão abertas as renegociações para os inadimplentes. É possível saldar dívidas por valores reduzidos, chegando até R$ 100,00. 

Cerca de 1 milhão de cidadãos foram contemplados pelo serviço de renegociação, foram aplicados R$12 bilhões em descontos. 

Para solicitar a negociação, o indivíduo deve baixar o aplicativo da Serasa, ou acessar o site e preencher o formulário, selecionar a dívida que será paga e optar pela opção desejada, pagamento integral ou parcelado.   

Informações sobre os devedores 

Com base nas informações disponibilizadas por Nathalia Dirani, gerente de marketing do Serasa, estudos como este permite que sejam traçados perfis dos cidadãos inadimplentes ou devedores. 

Cerca de 50,1% do número de devedores são representados por mulheres, enquanto 49,9% são homens, no entanto, 54% das negociações de dívidas e pagamentos são realizados por mulheres. 

Os cidadãos com idades entre 26 a 40 anos representam 35,8% dos devedores, enquanto 34,9% simbolizam pessoas com 41 a 60 anos. 

Comentários estão fechados.