Serasa promove Feirão para quitar dívidas com 99% de desconto

Edição traz uma novidade que é o auxílio dívida. Entenda.

Já está funcionando e segue até o dia 11 de dezembro, mais um Feirão Serasa Limpa Nome. Nesta edição, participam cerca de cem empresas dos mais variados segmentos com o objetivo de renegociar dívidas atrasadas.

Os interessados em negociar suas dívidas podem acessar os canais digitais do Serasa ou ir até uma agência dos Correios. Os descontos podem chegar a até 99% e ainda é possível parcelar sem juros. Dívidas com cartão de crédito, lojas e concessionárias de água e energia, por exemplo, podem ser negociados. Em 2020, o Serasa fechou cerca de seis milhões de acordos.

Esta edição traz novidades 

O Feirão Limpa Nome desta vez está com uma novidade. Trata-se do chamado auxílio dívida. As pessoas que negociarem seus débitos e pagarem acordos a partir de R$200, à vista, ganham R$50 em uma carteira digital do Serasa.

Este dinheiro não pode ser sacado, porém, vale como pagamento de contas. O auxílio é válido para uma ou mais dívidas somadas e negociadas pelo aplicativo. O regulamento completo do auxílio pode ser conferido no site do Serasa. 

Como participar do Feirão Limpa Nome?

Para participar da ação é bastante simples. O interessado deve acessar o site https://www.serasa.com.br/limpa-nome-online e se cadastrar. Quem preferir pode se cadastrar pelo celular no aplicativo que está disponível para celulares Android e iOS, pelo telefone 0800 591 1222 ou pelo WhatsApp, através do número (11) 99575-2096.

Ao acessar a plataforma, o interessado consegue conferir todas suas informações financeiras, desde seus débitos em aberto até as condições que a empresa está oferecendo para quitá-la.

As dívidas podem ser pagas à vista ou parceladas e a data de vencimento também pode ser escolhida pelo usuário.

Na plataforma é possível gerar boletos que já serão gerados com a data de vencimento escolhida. Os pagamentos podem ser efetuados online ou presencialmente em uma casa lotérica, ou agência bancária.

Quem preferir fazer a renegociação de forma presencial pode ir até uma agência dos Correios. Porém, antes, deve ser feita a consulta para saber os horários de funcionamento.

Comentários estão fechados.