Serviço da Aliz auxilia empresas a cumprirem nova obrigação ECF – Escrituração Contábil Fiscal

Valerya Carvalho



Não cumprir ou atrasar a nova obrigação fiscal pode ocasionar prejuízo de até 3% do valor das transações comerciais ou das operações financeiras das empresas. Serviço de consultoria para adequação já está sendo utilizado por companhias multinacionais e nacionais de diferentes portes e segmentos, entre elas empresas dos setores automobilístico e de alimentos, assim como redes de varejo

A Escrituração Contábil Fiscal – ECF tem preocupado os departamentos contábeis e fiscais das empresas brasileiras. A nova obrigação fiscal do governo federal que compõe o Sistema Público de Escrituração Digital – SPED, tem por objetivo informar as ações que influenciam a elaboração da base de cálculo e o valor devido ao Imposto sobre a Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).



Para atender à demanda urgente das empresas pela Escrituração Contábil Fiscal – ECF, cujo prazo estabelecido pelo governo federal é setembro de 2015, a Aliz passou a oferecer um serviço completo de consultoria para a entrega do arquivo magnético. O objetivo é auxiliar as companhias para que cumpram o prazo de entrega, evitando a exposição e multa que pode chegar a 3% do valor de suas transações comerciais ou operações financeiras, além do risco de complicações relacionadas ao Imposto de Renda (PJ). O novo serviço inclui a contextualização, análise detalhada do layout, mapeamento das necessidades, identificação e correção de gaps dos processos. A consultoria inclui também a apresentação do mapa técnico de aderência da solução fiscal para atendimento desta nova obrigatoriedade.

Anúncios

Por sua vasta experiência em projetos Sped, a Aliz foi escolhida por alguns clientes para representá-los nos projetos piloto do ECD e ECF, na qual participa do processo de validação das novas obrigações junto ao Fisco. O know-how da empresa permitiu desenvolver uma metodologia que não visa apenas à implantação de um sistema, mas foca no ecossistema do cliente como um todo para atendimento ao ECF.

De acordo com Valerya Carvalho (foto), diretora-presidente da Aliz, a ECF possibilitará um nível maior de apuração e possibilidades de cruzamentos dos dados das empresas pelo governo. “Por entender a complexidade deste processo de adequação e a importância da nova obrigação para o Fisco, nossos consultores podem auxiliar de forma eficiente as empresas neste momento estratégico de transição”.
A Escrituração Contábil Fiscal irá exigir uma melhor gestão de controles que antes eram manuais e agora, passam a ser sistêmicos. Com a chegada da ECF toda a cadeia, contribuinte e fisco, ganham em transparência da informação.

A Aliz conquistou a posição de principal referência em consultoria fiscal pelo pioneirismo nos projetos Sped e por iniciativas como o fórum SPED Brasil, uma rede colaborativa de informações sobre Fisco que congrega 49 mil usuários, desde 2008, além do GEIFS, grupo de estudos sobre temas fiscais que se reúne mensalmente para acompanhar e discutir as mudanças e novos direcionamentos do cenário fiscal/tributário brasileiro.

Sobre a Aliz
Com 10 anos de existência e mais de 1.500 projetos implantados, a Aliz é líder em consultoria fiscal do país. Dispõe hoje de uma carteira de 320 clientes – sendo a maioria integrante do grupo das 500 maiores companhias do Brasil, 130 colaboradores – 100% em conformidade com a legislação trabalhista do país. A empresa é a maior parceira da unidade Tax&Accounting da Thomson Reuters Brasil, respondendo por um volume expressivo das vendas das ferramentas de gestão fiscal Mastersaf.

[useful_banner_manager banners=16 count=1]

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.