Simples Nacional: facilidade em parcelamento de dívidas do ICMS

O parcelamento pode ser feito em até 60 meses. Entenda as condições

Atenção gaúchos! A Receita Estadual e a Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul estão disponibilizando condições especiais de parcelamento do ICMS aos contribuintes optantes do Simples Nacional. 

A iniciativa se dá como um estímulo à retomada da atividade econômica e incentivo à regularização de dívidas tributárias contraídas durante a pandemia. A medida é válida para os débitos declarados em DeSTDA (Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação devida por Contribuintes da categoria Simples Nacional) vencidos no período de 1º de março de 2020 a 31 de maio de 2022.

Condições de pagamento

Todo o procedimento para adesão e pagamento pode ser feito pela internet. O contribuinte pode acessar através do Portal e-CAC da Receita Estadual  entre os dias 04 de julho e 31 de agosto de 2022. O parcelamento pode ser feito em até 60 meses tanto para débitos em cobrança administrativa quanto para débitos em cobrança judicial

Também estará dispensada a apresentação de garantias para obtenção do parcelamento. Informações adicionais estão disponíveis no Portal de Atendimento da Receita Estadual. 

De acordo com o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, a intenção é incentivar os contribuintes do Estado do Rio Grande do Sul a ficarem em dia com o fisco.

Segundo os dados do fisco gaúcho, dos mais de 200 mil optantes pelo Simples Nacional no Rio Grande do Sul pouco mais de 7 mil possuem dívidas relativas ao período da pandemia, totalizando cerca de R$ 44 milhões a serem regularizados.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.