Simples Nacional: Saiba como funciona o anexo V

Aprenda sobre o funcionamento do anexo V do regime tributário do Simples Nacional. Leia este artigo e se mantenha atualizado!

O Simples Nacional é um regime de tributação simplificado que cobra menos impostos das empresas, mas ele é dividido em 5 anexos, cada um com alíquotas diferentes.

O Simples Nacional oferece muitos benefícios para as empresas, entre os principais benefícios está uma tributação menor, mas as alíquotas variam mesmo dentro deste regime tributário, o anexo em que uma empresa estiver determinará a tributação.

As empresas se enquadram nos anexos conforme a atividade que elas exercem e com o faturamento anual bruto. 

Hoje nós explicaremos um pouco mais sobre o anexo V do Simples Nacional para que você entenda melhor.

Anexo V do Simples Nacional

O anexo V é voltado às empresas do setor de serviços.

Confira abaixo a tabela que possui as alíquotas referentes às prestadoras de serviços:

FaixaAlíquotaValor a Deduzir Receita Bruta em 12 Meses
1ª Faixa15,50%Até  R$ 180.000,00
2ª Faixa18,00%R$ 500,00De R$180.000,01 a 360.000,00
3ª Faixa19,50%R$ 9.900,00De R$ 360.000,01 a 720.000,00
4ª Faixa20,50%R$ 17.100,00De R$ 720.000,01 a 1.800.000,00
5ª Faixa23,00%R$ 62.100,00De 1.800.000,01 a 3.600.000,00
6ª Faixa30,50%R$ 540.000,00De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

Para saber quais empresas prestadoras de serviços serão tributadas neste anexo é preciso realizar o cálculo do Fator R.

O Fator R

O Fator R é o que vai determinar se uma empresa será tributada com base nas alíquotas do anexo III ou com base nas alíquotas do Anexo V do Simples Nacional.

As alíquotas no anexo III do Simples Nacional são menores, então, a realização do cálculo do Fator R pode ajudar a sua empresa a pagar menos impostos.

Mesmo que a sua atividade esteja enquadrada no Anexo V, ela poderá ser tributada com base no anexo III.

O cálculo do fator deve ser feito mensalmente pelas empresas, para evitar que a sua empresa pague mais impostos que o necessário. Faça o cálculo do Fator R mensalmente.

Cálculo do Fator R no anexo V

São tributadas com base nas alíquotas do anexo V do Simples Nacional as empresas que tiverem os resultados inferiores a 28% no cálculo do Fator R.. 

A fórmula do fator R é:

 Fator R = massa salarial / receita bruta.

As empresas que tiverem resultados iguais ou superiores a 28% podem ser tributadas com base nas alíquotas do anexo III. 

Para aprender a calcular o fator R clique aqui.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.