O Simples Nacional se trata de um regime tributário especial dedicado a beneficiar micro e pequenas empresas. Além disso é um regime que simplifica o recolhimento de impostos destes negócios através de apenas uma guia, a DAS. Porém este benefício é muito mais do que isso. Ele tem uma série de benesses das quais vamos citar as vantagens mais importantes. Leia este artigo até o final para aproveitar por completo as oportunidades deste benefício.

1. É simplificado

Talvez esta seja a mais importante vantagem para empresas de pequeno porte. A simplificação dos impostos facilita muito o controle para negócios desta faixa. Em um só sistema, é possível incluir 8 tributos em uma única forma de cálculo e pagamento. Para isso, basta acessar a tabela do Simples Nacional, verificar em qual faixa de receita seu negócio se enquadra e fazer o cálculo.

Abrange os seguintes impostos:

IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica);

CSLL (Contribuição Social de Lucro Líquido);

Pis/Pasep (Programa de Integração Social e Programa de Formação de Patrimônio do Servidor Público);

Cofins (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social);

IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados);

ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços);

ISS (Imposto Sobre Serviço);

CPP (Contribuição para Seguridade Social).

2. Tem vantagens em Licitações Públicas

Empresas enquadradas no Simples Nacional têm preferência em licitações nacionais, estaduais ou municipais. Também serve como critério de desempate. Uma bela vantagem não?

3. Conta com regras especiais

Para empresas do simples existem algumas regras especiais para protesto de títulos por meio da redução de taxas, o que reflete positivamente na economia do negócio.

4. Traz economia em tributos para a empresa

Com unificação de impostos, pagos de forma simplificada, pode representar até 40% de economia para as empresas de acordo com suas condições — principalmente se forem ligadas à indústria, ao comércio varejista e à prestação de serviços.

5. Reduz a burocracia

Sem a necessidade de realizar cadastros estaduais e municipais, o Simples Nacional reduz significativamente a burocracia. O CNPJ no sistema do Simples é o único identificador da inscrição da empresa;

6. Economiza tempo 

Como acima, a agilidade em resolver processos burocráticos e as facilidades para manter em dia o pagamento de tributos, a empresa ganha tempo para se dedicar a outras questões importantes do seu negócio.

7. Uma alternativa para a crise

A partir de 2016, várias empresas brasileiras optaram pelo Simples como forma de driblar os altos impostos e não ter tanto prejuízo com a crise financeira nacional.

8. Reduz custos trabalhistas

No Simples Nacional não paga INSS Patronal, o que reduz os custos na folha de pagamento de cada funcionário.

Por: Samuel Medina

DICA Jornal Contábil: O primeiro passo para contadores

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Fonte: Maino