Sociedade Limitada Unipessoal: Saiba como e quem pode abrir esse tipo de empresa

0

Não é novidade dizer que o Brasil é um dos mais burocráticos do mundo, em todos os sentidos, e ainda mais no que se refere ao cotidiano das empresas.

Assim, quando novas oportunidades surgem – como é o caso da Sociedade Limitada Unipessoal – há muito o que comemorar.

Este é um novo tipo de enquadramento da Sociedade Limitada que permite uma série de vantagens e possibilidades.

Veja mais a seguir!

O que é a nova Sociedade Limitada Unipessoal?

A Sociedade Limitada Unipessoal ainda é uma novidade para a maioria dos empreendedores.

É mais uma forma de estruturar o seu negócio, ou seja, na hora de abrir uma empresa ou mesmo mudar o seu enquadramento social, o proprietário responsável pode optar por esta alternativa, salvo algumas exceções.

Para se ter uma ideia, a Sociedade Limitada Unipessoal é uma opção muito recente.

Surgiu com a Medida Provisória 881/2019 (MP 881), em 14 de junho de 2019 (DREI 63/2019) e regulamenta o novo formato de empresa frente às Juntas Comerciais.

Por isso, ainda é algo desconhecido pela maioria das pessoas.

Agora, imagine poder abrir uma empresa sem a necessidade de ter um sócio e sem ser MEI – Microempreendedor Individual ou EIRELI.

Agora isso é possível com a Sociedade Limitada Unipessoal, que oferece ainda outras grandes vantagens, como manter o patrimônio pessoal protegido e não requerer um capital mínimo em sua abertura – como ocorre com a EIRELI, que exige quase R$ 100 mil como capital inicial.

Em suma, vale dizer que a Sociedade Limitada Unipessoal traz o melhor dos dois mundos – EIRELI e MEI – já que a sua natureza jurídica não exige sócios e nem capital mínimo.

E além disso, assim como ocorre com a Sociedade Limitada, o seu patrimônio pessoal não fica comprometido de forma alguma.

Como abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal?

A formalização da abertura da Sociedade Limitada Unipessoal é basicamente igual à criação das outras empresas.

Veja o passo a passo:

  • Solicite uma consulta prévia na Prefeitura onde ficará a empresa.
  • Verifique a viabilidade do nome da empresa na Junta Comercial do seu Estado.
  • Preencha o DBE (Documento Básico de Entrada) para a Receita Federal.
  • Faça a geração das capas do processo e taxa para pagamento.
  • Crie o seu Contrato Social de Constituição de Sociedade Empresária Limitada Pessoal.
  • Leve toda a documentação e protocolar na Junta Comercial.
  • Após a liberação do CNPJ, solicite o seu enquadramento ao regime tributário do Simples Nacional (até 180 dias da abertura do CNPJ) ou em algum outro, se for o caso.

Para abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal haverá um custo médio de R$ 640,00, mas este valor pode variar.

Quem pode abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal?

Vale ressaltar que qualquer pessoa que não tenha outra empresa individual pode abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal.

Mas é possível transformar uma MEI em uma Sociedade Limitada Unipessoal, bastando para isso realizar alguns procedimentos, como efetivar o registro de alteração contratual na Junta Comercial do Estado onde a empresa está localizada.

Trata-se de um registro contratual de sociedade.

A assessoria contábil pode ajudá-lo nesta transição.

Além disso, a sociedade poderá se enquadrar como EPP (Empresa de Pequeno Porte) ou ME (Microempresa), conforme o faturamento.

Outro detalhe importante é que a razão social da Sociedade Limitada Unipessoal deve conter o nome próprio do sócio seguido da palavra limitada, podendo abreviar os primeiros nomes, exceto o último sobrenome.

Vantagens da Sociedade Limitada Unipessoal

Em suma, estas são as principais vantagens da Sociedade Limitada Unipessoal:

  • Fácil abertura – Segue o mesmo procedimento de outros tipos de empresas.
  • Não requer capital mínimo inicial.
  • Não requer mais de um sócio.
  • Permite proteger o seu patrimônio pessoal.
  • Tem baixo custo de abertura.
  • Pode ser enquadrada no Simples Nacional.
  • Tem personalidade jurídica.
  • É uma forma de expandir os seus negócios, principalmente quando você é MEI.
  • Permite que você abra outras empresas.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Fonte: OSP Assessoria Contábil