Sócio paga dívida da empresa? Esta é uma pergunta feita por muitos empreendedores e empresários.

A responsabilidade financeira do sócio dentro de uma empresa dependerá do formato da sociedade que foi criada.

A princípio, o sócio não responde com seus bens pela dívida da empresa, pois a maioria está incorporada à Sociedade de Responsabilidade Limitada. Nesta sociedade, a pessoa jurídica que representa a empresa é independente e não se associa aos sócios que a constituem.

No Regime Tributário Brasileiro, a responsabilidade financeira dos sócios de uma empresa muda de acordo com o formato da sociedade escolhido.

MEI: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL:

Neste formato, a empresa não pode ter sócios, pois é individual. Empresário e Empresa são uma só pessoa e compartilha obrigações e direitos. Caso haja dividas, o microempreendedor individual tem a responsabilidade financeira.

 

EI: EMPRESÁRIO INDIVIDUAL:

Este formato também só pode ser constituído por uma pessoa que pode ter uma empresa no formato EIRELI e participar de uma sociedade de responsabilidade limitada.

Caso haja inadimplência, o sócio paga a dívida da empresa.

EIRELI:

Como na Empresa Individual, este tipo de empresa também tem caráter individual. A EIRELI é composta por uma só pessoa e pode ter uma Empresa Individual e participar como sócio de quantas empresas de Responsabilidade Limitada que desejar. Aqui, o sócio não se responsabiliza pelas dívidas da empresa.

LTDA:

Esta é a sociedade de responsabilidade limitada. Neste formato, há necessidade de uma pessoa ou mais para constituí-la. As cotas e participações dos sócios são estipuladas em um contrato. A pessoa jurídica tem sua própria personalidade e é distinta da pessoa física. A responsabilidade do sócio é limitada ao valor do capital social da empresa. A inadimplência contraída pela empresa não é de responsabilidade dos sócios se a divida passar do limite do capital social integralizado.

Via Contador agora

1 COMMENT

  1. Pergunte a qualquer gerente de banco se essa limitação apresentada quanto a responsabilidades definidas em empresas limitadas é observada. De forma alguma. Se uma empresa limitada busca recursos em qualquer instituição financeira no Brasil, o patrimônio pessoal dos sócios, quase sempre, são colocados como garantia real. Assim, a instituição financeira busca se cercar quanto a possíveis situações de inadimplência por parte da empresa. Portanto, de alguma forma, a responsabilidade não fica limitada ao capital constante no Contrato Social. Também fornecedores da empresa podem exigir que os sócios apresentam garantias reais para que forneçam a determinada empresa. Dívidas tributárias e trabalhistas podem ser, judicialmente, atribuídas, também, como responsabilidade dos sócios, independente da forma do Contrato Social.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.