SP realiza oficina sobre comunicação com pessoas surdas no Metrô

A oficina acontece no formato online e tem 4 horas de duração.

Na última semana, 28 funcionários da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô receberam a oficina “Comunicação com a pessoa surda”

Ação da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência visa aperfeiçoar a comunicação entre colaboradores e passageiros com deficiência auditiva do Metrô.

A oficina acontece no formato online e tem 4 horas de duração, buscando introduzir os servidores do Metrô no universo das pessoas surdas.

São abordados temas como Identidade Surda, Cultura Surda e Libras (Língua Brasileira de Sinais).

A iniciativa vai ao encontro das ações de acessibilidade e inclusão implantadas pelo sistema metroviário de São Paulo, que conta com estações e trens acessíveis, além de pessoal capacitado para atendimento a esse público.

O projeto é fruto de uma colaboração entre a Secretaria e o Metrô, que inicialmente organizaram um encontro com a comunidade surda para entender as principais necessidades desses usuários ao utilizarem os serviços prestados pelo Metrô.

O projeto é fruto de uma colaboração entre a Secretaria e o Metrô, que inicialmente organizaram um encontro com a Comunidade Surda para entender as principais necessidades desses usuários ao utilizarem os serviços prestados pelo Metrô.

Os funcionários aprendem algumas frases em Libras que podem auxiliar em demandas específicas dentro dos trens ou estações, como “Estamos com problemas na linha”, “Este bilhete está vencido, é necessário renovar”, entre outras.

Em 2021 foram realizadas 7 oficinas e 226 colabores do Metrô foram capacitados. 

A primeira oficina em 2022 será realizada em 13 de janeiro e ao longo do ano serão realizadas duas oficinas por mês.

Comentários estão fechados.