Deve-se considerar ainda a adaptação dos profissionais às normas internacionais de contabilidade, a instituição da ECF e a consolidação das normas referentes à ECD. 

Deu a louca na Ensino Contábil, cursos de 80 a 110 reais (Saiba Mais)

O Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) foi instituído com a publicação do Decreto nº 6.022/07. É uma solução tecnológica que oficializa os arquivos digitais das escriturações fiscal, contábil e de outras obrigações dentro de um formato específico e padronizado. Desde então, o setor contábil vem passando por intensas mudanças nos aspectos da tecnologia, dos negócios e das relações humanas. O profissional da contabilidade deve acompanhar essa evolução, indo além da figura daquele que se dedica apenas ao registro das informações contábeis para assumir um papel de gerador de informações estratégicas para a tomada de decisões nas empresas.

No campo profissional, a implantação do Sped representou um grande impacto nas atividades dos profissionais contábeis, evidenciando a necessidade de qualificação e o uso da tecnologia para acompanhar esse desenvolvimento. Deve-se considerar ainda a adaptação dos profissionais contábeis às normas internacionais no setor público, a instituição da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) e a consolidação das normas referentes à Escrituração Contábil Digital (ECD).

Nesses anos de existência do Sped, observamos diversas mudanças na relação Fisco e contribuinte. O que se nota é que se for analisado um período de dez anos até hoje a comunicação da informação mudou completamente: antigamente havia mais papéis, agora há mais arquivos digitais.

O projeto Sped fez uma verdadeira reforma quando o assunto é transparência. Afinal, agora a Receita, seja ela estadual ou federal, tem acesso a todas as informações financeiras em tempo recorde. Isso representa ganho de competitividade para o Fisco brasileiro, já que, com as informações mais organizadas, fica cada vez mais fácil e rápido realizar fiscalizações tributárias.

Qualificação importante dos profissionais contábeis

Para os contribuintes, o benefício está ligado à economia de papel e também à redução da concorrência desleal, uma vez que as empresas que prezam pela qualidade das informações e boa gestão de seus negócios saem na frente. Já existem normas instituidoras relativas aos mais novos membros da família Sped: o eSocial e a EFD-Reinf. Essas obrigações também vão exigir que os profissionais da área estejam mais capacitados.

Todas as obrigações relacionadas ao Sped exigem que os profissionais contábeis e das demais áreas passem por um processo de reciclagem e qualificação para que estejam preparados a atender as exigências do Fisco. Se faz necessário também que haja sintonia entre os profissionais das diferentes áreas das empresas e destes com o profissional contábil.

Via contmatic

Comente

Comentários

Deixe uma Dúvida