Startup cria tecnologia para solucionar burocracia fiscal das empresas

0

Robotização da Dootax para emitir e pagar tributos gera economia milionária

Uma boa ideia na cabeça e um investimento inicial no bolso. Essa poderia ser a receita para começar a empreender no Brasil, mas no meio do caminho há a burocracia do sistema tributário. Segundo dados do Banco Mundial, o Brasil é o país em que as empresas mais perdem tempo e recursos com a rotina fiscal, o que chega a consumir 1,5% do faturamento anual das companhias.

As empresas precisam lidar com mais de 60 tributos exigidos para ficar em dia com o fisco, nas três esferas de governo. Os mais comuns, por exemplo, referentes ao consumo de bens e serviços, são cinco: IPI, PIS e Cofins (governo federal), ICMS (estado) e ISS (municípios). Nesse caso, a realidade é diferente em outros países, que têm documento único para a arrecadação.

Mas a dor de cabeça não acaba aí: acompanham os tributos as obrigações acessórias, ou seja, mais uma série de declarações, documentos e registros, que podem variar entre os estados.  Sem contar as alterações nas leis tributárias, com as quais o empreendedor precisa estar sempre familiarizado.

Não é de surpreender que os departamentos fiscais das empresas tenham grandes equipes dedicadas a esses processos e percam com isso quase 2 mil horas anuais, que são alocadas não apenas no pagamento dos tributos, mas também no preenchimento de formulários e análises de normas para verificar o que pode ser descontado ou transformado em crédito tributário.

E foi para revolucionar essa rotina que nasceu a startup Dootax. O software da empresa realiza a emissão das guias tributárias e as envia automaticamente para pagamento nos bancos, tudo por meio da robotização de processos (RPA). Com isso, já transformou a rotina de companhias como Magazine Luiza, Gerdau e Yamaha. No mercado desde 2013, a empresa já recolheu mais de 1 bilhão de reais em tributos.

Ao integrar-se aos bancos para pagamento automático dos títulos, o programa evita fraudes e falhas humanas. Por outro lado, além da economia de mão de obra, com a redução de até 85% do tempo gasto em atividades manuais e repetitivas, é possível direcionar o foco dos funcionários da área fiscal para atividades estratégicas.

“A Dootax nasceu com o intuito de simplificar e facilitar a vida do departamento fiscal das empresas. Atualmente, é exatamente isso o que o nosso software faz. Todo o processo de emissão e pagamento de tributos passa dentro de um mesmo fluxo no sistema, não importa se são tributos federais, estaduais ou municipais. Sem nenhuma intervenção humana, fica ainda mais simples garantir que o valor apurado efetivamente é o que será pago, dentro do prazo e sem duplicidades”, resume Thiago Souza, um dos fundadores da Dootax.

SOBRE OS FUNDADORES

A Dootax foi idealizada a partir de três sócios com formações profissionais complementares. O Economista e diretor de vendas Yvon Gaillard atua há mais de 10 anos no mercado tributário, é pós-graduado em Direito Tributário Empresarial pela FAAP e tem MBA em Gestão empresarial pela BSP. Luis Pessoto é formado em Ciências da Computação pela UAM e atua como chefe de produto da empresa. Já Thiago Souza é formado em Sistemas da Informação pela Fundação Santo André e tem MBA em Administração e Gestão de Empresas pela Business School São Paulo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.